Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/11/2008 10:20

Empregados em concessionárias receberão 7,5% de reajuste

Wilson Aquino

Os empregados em concessionárias de veículos terão 7,5% de reajuste salarial a partir de 1º de novembro. Patrões e empregados pactuaram também um piso salarial de R$ 560,00 para os empregados em geral; R$ 515,00 para os empregados auxiliares de mecânica, funilaria, pintura, tapeçaria e serviços gerais e de R$ 575,00 para os caixas. O acordo firmado entre o Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande e a Federação do Comércio de Mato Grosso do Sul e o Sindicato das Concessionárias de Veículos Automotores de Mato Grosso do Sul, prevê ainda a proibição do trabalho aos domingos.



O presidente do sindicato dos comerciários, Idelmar da Mota Lima, considerou um avanço já que a inflação acumulada no ano girou em torno de 6%. Ele informou também que a categoria teve outra grande vitória: as concessionárias de veículos ficam proibidas de convocarem seus funcionários para trabalhar aos domingos, como vinha acontecendo de alguns meses para cá.



Essa proibição, segundo Idelmar, vai prevalecer até o dia 31de março do próximo ano. Depois disso as duas categorias (patrões e empregados) voltam a discutir o assunto através de suas entidades de classe. Para esta Convenção Coletiva de Trabalho, os empresários propuseram o trabalho no último domingo de cada mês, para a realização de feirões de venda de veículos na cidade. A proposta acabou rejeitada depois que os empregados bateram o pé, não concordando.



Na última assembléia geral extraordinária convocada pelo Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande, os funcionários de concessionárias explicaram que o tempo para a dedicação à família estava reduzindo drásticamente com as constantes feiras de automóveis aos domingos. Segundo Idelmar, no sábado normalmente os funcionários têm atuado até o fim de tarde, quando deveriam trabalhar apenas até às 12 horas.



A maioria dos empregados em concessionárias é comissionada e mesmo assim estava reclamando do excessivo tempo de trabalho e o pouco tempo para os cuidados pessoais e da família. “Não podemos permitir que as famílias sejam prejudicadas por cargas excessivas de trabalho. Isso poderia provocar um distanciamento de esposas, maridos e filhos, o que seria muito ruim para uma sociedade”, comentou Idelmar.



Além de Idelmar, participaram também das negociações, pelo lado laboral, o diretor Nelson Benitez e o Assessor Jurídico da entidade, Alci de Souza Araújo. pelo Sindicato das Concessionárias: Christiane da Costa Leite Novaes – Assessora Jurídica e Almir Oshiro, diretor.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)