Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/01/2007 07:15

Empate do São Paulo, pelo site do SPFC

Site Oficial do SPFC/Marcelo Prado

Prejudicado pela arbitragem, o São Paulo apenas empatou por 2 a 2 com o Paulista, em jogo realizado na noite desta quarta-feira no estádio Jayme Cintra, em Jundiaí. Além de não marcar um pênalti claro em cima de Souza no segundo tempo, o juiz Cléber Wellington Abade inexplicavelmente deu quatro minutos de acréscimo ao jogo, tempo suficiente para o time de Jundiaí chegar ao gol de empate. Após três partidas, o time de Muricy Ramalho tem sete pontos na tabela de classificação.

O jogo
Como esperado, o Tricolor veio a campo com um novo esquema tático. O zagueiro Alex Silva ganhou a vaga de Reasco, mas o time demorou para se acertar em campo. Já o Paulista, apoiado por sua torcida, começou a partida a todo vapor. Logo aos 6min, Diogo recebeu belo passe nas costas de André Dias, invadiu a área e bateu por cima do gol de Rogério, que só olhou.

O Paulista assustava principalmente porque jogava na base da velocidade. Aos 12min, Victor Santana invadiu a área livre pela esquerda e bateu firme, de pé esquerdo. A bola bateu na cabeça de Rogério Ceni e saiu pela linha de fundo. O São Paulo, que até então observava o adversário atuar, chegou com perigo pela primeira vez aos 18min, em lance de Souza, que fez jogada individual e arriscou o chute. Victor defendeu firme.

O time de Jundiaí voltou a assustar aos 25min, em falta cobrada por Marcus Vinícius, que explodiu no travessão tricolor. A partir dos 30min, quando passou a jogar pelas laterais, o São Paulo conseguiu equilibrar a partida. Em cinco minutos, levou perigo ao gol de Victor em lances de Hugo, Júnior e Alex Silva.

Quando a partida já se encaminhava para o final do primeiro tempo, veio a surpresa. Após cruzamento da direita, Alex Silva falhou dentro da área e a bola sobrou para Diogo, que bateu firme, no canto esquerdo de Rogério Ceni. Quando a torcida do Paulista ainda comemorava, o São Paulo empatou com Borges, após cruzamento de Souza pelo lado direito.

Na volta para o segundo tempo, o Tricolor voltou com outra atitude e rapidamente tomou conta da partida. Aos 3min, Souza cruzou da direita e Borges, de cabeça, quase fez. Dois minutos depois, Hugo, em chute rasteiro da entrada da área, obrigou Victor a fazer grande defesa. A pressão continuou forte e, três minutos depois, após bela troca de passes entre Souza e Leandro pela direita, o camisa nove cruzou na medida para Hugo, que sozinho na pequena área, só empurrou para o gol.

O gol fez muito bem ao Tricolor, que seguiu no ataque. Aos 12min, Hugo quase fez o terceiro. Aos 22min, após um pênalti claro não marcado sobre Souza, Aloísio pegou o rebote e, de pé esquerdo, mandou a bola no ângulo esquerdo de Victor, que só olhou. A bola passou muito perto do travessão.

A partir dos 30min, o São Paulo recuou para jogar como mais gosta, nos contra-ataques. O Paulista fez duas alterações e partiu na base do desespero em busca do empate, que acabou acontecendo já nos descontos. Inexplicavelmente, o árbitro Cléber Wellington Abade deu quatro minutos de acréscimo. E, quando esse tempo já havia passado, após bola cruzada na área, Gláucio deixou tudo igual no marcador. Para tentar justificar, imediatamente o juiz levantou o braço e indicou mais um minuto. Mas o erro já havia sido cometido.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)