Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/01/2006 10:06

Embrapa investe em soja transgênica

Eduardo Masmcasz /ABr

O chefe-adjunto de pesquisas e desenvolvimento da Embrapa-Soja, João Flávio Veloso, afirmou no especial "Soja - um grande negócio", transmitido pela Rádio Nacional que o envolvimento da empresa com espécies transgênicas para uso na agricultura se deve a uma "questão estratégica". Para ele, é importante que a empresa pública tenha seus próprios genes a fim de dar "suporte a este tipo de crescimento, em biotecnologia, para que se possa acompanhar o crescimento agrícola brasileiro".

O chefe da Embrapa lembrou também que o investimento do governo na pesquisa de espécie de soja transgênica representará a "possibilidade de uma independência biotecnológica, em matéria de genomas, no futuro, a fim de manter a atual competividade da soja brasileira no mercado internacional". Ele também citou entre outros motivos para a Embrapa trabalhar nessa linha o fato de haver produtores interessados em soja transgênica no Brasil.

Sobre a "novidade" da próxima colheita, com elevada quantidade de soja transgênica, Flávio Veloso acha que isto decorre de uma "questão de curiosidade". Nas próximas safras, segundo o técnico, a soja transgênica vai ter que "provar a que veio" e, principalmente, vai ter que mostrar realmente um ganho. Um risco que ele vê para o processo é a possibilidade de o pagamento dos direitos (royalties) ficar muito caro para o produtor, que fará então uma avaliação econômica.

Numa projeção a longo prazo, o chefe de pesquisas da Embrapa-Soja disse não acreditar que um dia o Brasil tenha 100% de soja transgênica. Por esse motivo, ele lembrou que a empresa nunca "direcionou o programa de pesquisas somente para a espécie transgênica", embora, no momento, tenha 14 espécies próprias de soja transgênica "já registradas e podendo atender pedidos dos produtores". São do tipo resistente ao herbicida glifosato.

O "grande divisor" que, segundo João Flávio Veloso, marcou a entrada da Embrapa na pesquisa de sementes de soja transgênica foi em 1996 quando assinou um acordo com a multinacional Monsanto para o "desenvolvimento de cultivares transgênicos". Hoje, a Embrapa tem acordos com outras empresas estrangeiras, inclusive uma japonesa, e mais oito parcerias com produtores nacionais de sementes. Depois da descoberta, a empresa recebe cerca de três por cento sobre o valor da semente como "direito de uso da genética Embrapa".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)