Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/12/2004 07:45

Embaixada do Sri Lanka pede ajuda a brasileiros

Agência Brasil

A Embaixada do Sri Lanka no Brasil busca ajuda para as vítimas do terremoto que atingiu o sul da Ásia no último sábado. O Sri Lanka foi um dos países mais atingidos. Segundo números oficiais, já há mais de 10 mil mortos no país. A embaixada abriu uma conta bancária oficial para receber de doações dos brasileiros. A conta é do Banco do Brasil (agência 1606-3/ conta corrente: 46034-6).

Em entrevista à Rádio Nacional, a tradutora da embaixada, Larisse Gonzaga, desaconselhou a população brasileira a enviar donativos materiais. "Não estávamos preparados para receber tais doações, então nós não temos como estocá-las", explicou. "Nós estamos passando por um momento complicado".

Agência Brasil: Vocês criaram uma conta corrente para o Fundo de Ajuda ao Sri Lanka, qual é o banco e qual é a agência?
Larisse Gonzaga: Banco do Brasil, agência 1606-3, conta 46034-6. Como foi uma questão emergencial, para que não pudéssemos perder a oportunidade de doações iniciais, nós disponibilizamos a conta oficial da Embaixada, para que isso fosse feito.

Agência Brasil: As doações já começam a chegar, vocês já têm os valores dos depósitos já efetuados?
Larisse Gonzaga: Nós ainda não temos o balancete diário de ontem, mas o telefone não para de tocar, o pessoal tem perguntado o número da agência e da conta. Nós estamos passando por um momento complicado, porque temos desencorajado as pessoas que com tanta boa vontade tem vindo até a Embaixada para contribuir com donativos materiais, porque assim como o país, a Embaixada não estava preparada para receber tais doações, então nós não temos como estocá-las. Eu ainda não tenho as informações oficiais de envio desse material. Estão sendo feitas reuniões e negociações junto ao governo brasileiro, para saber como o ele vai ajudar os países afetados de forma a mandar equipes ou disponibilizar aviões para esse material ser enviado. Então, enquanto nós ainda não tivermos essa decisão, nós estamos desencorajando, infelizmente, as pessoas que tragam material à Embaixada ou ao Consulado, porque nós não estamos preparados para receber tais doações.

Agência Brasil: Você tem informações sobre o número de brasileiros que vivem ou que permanecem temporariamente no Sri Lanka nessa época?
Larisse Gonzaga: Temos a informação que, até então, o Itamaraty tinha um registro feito de pessoas que procuravam brasileiros que estão nessa área, não exatamente no Sri Lanka, mas existe um registro de oitenta brasileiros que estão sendo procurados. Nesse registro não estão inclusos na lista de desaparecidos, que podem ser pessoas que normalmente não conseguiram entrar em contato com os seus familiares aqui no Brasil ou que por algum motivo estão lá, mas estão bem. Então, esse não um registro oficial de pessoas desaparecidas, mas é o registro que o Itamaraty contou ontem a noite. Nós não temos informação de brasileiros entre as vítimas no Sri Lanka.

Agência Brasil: E também não dispõe desta lista com os nomes desses brasileiros procurados?
Larisse Gonzaga: Não. Essa lista é feita junto à linha 24 horas do Itamaraty, que é o número disponibilizado para que as pessoas que procuram informação do acontecimento em todos os países afetados da Ásia, possam deixar o nome ou também saber sobre alguma informação prévia.

Agência Brasil: Existe um limite mínimo para depósito na conta do Fundo de ajuda ao Sri Lanka?
Larisse Gonzaga: Não. Não existe um limite mínimo, toda ajuda que vier será muito bem vindo e assim que nós tivermos um balancete geral do valor que já foi arrecadado nas 24 horas após a divulgação da conta, vamos divulgá-lo ao público para que todos saibam o que a população brasileira tem feito.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)