Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/10/2005 13:40

Em protesto, bolivianos fecham fronteira com o MS

Marcelo Fernandes. do Corumba Online
CorumbaonlineCorumbaonline

Um bloqueio impede a entrada e saída de veículos na cidade boliviana de Arroyo Concepción, fronteira com Corumbá, no Pantanal de Mato Grosso do Sul. O protesto além de proibir que carros; motos; ônibus e caminhões cruzem a zona fronteiriça, nos dois sentidos do tráfego, também fechou os acessos às cidades de Puerto Quijarro e Puerto Suárez. Quatro carros e galhos de árvores interditam a ponte que liga a Bolívia ao Brasil.

A manifestação, iniciada por volta da zero hora de hoje, é coordenada pelo Comitê Cívico Arroyo Concepción e tem adesão de outras onze entidades que representam os diversos segmentos da sociedade local. A interdição das vias tem duração prevista de quarenta e oito horas, devendo encerrar na madrugada de quarta-feira (05). A justificativa para o fechamento da fronteira, e também das ligações com outras cidades bolivianas, é a falta de investimentos no município, que tem cerca de 5 mil habitantes.

Eufrásio Galarza, presidente do Comitê Cívico, explicou ao Corumbá On Line que a manifestação quer chamar atenção das autoridades políticas bolivianas para a situação de abandono em que a chamada região do “Cantón da 2ª Seção Municipal da Província de German Busch” se encontra. “Não queremos criar problemas, queremos legitimar os nossos direitos. Pedimos desculpas aos brasileiros pelo transtorno”, disse.

Os bolivianos de Arroyo Concepción cobram autonomia para administração dos recursos gerados na região e das verbas destinadas para a localidade; solução para a falta de óleo diesel nos postos e construção de uma escola no bairro San Juan, área urbana por onde passa ramal do gasoduto Bolívia-Brasil. Galarza esclareceu que as reivindicações se justificam porque as verbas para investimentos e os recursos financeiros gerados na cidade, são administrados pela Prefeitura de Puerto Quijarro, que, de acordo com os manifestantes, não faz os devidos repasses.

Para solucionar a falta de diesel nos postos de combustíveis, o Comitê pede que se estabeleça uma cota por veículo. Segundo eles, o fluxo de veículos brasileiros é grande, em função do preço mais barato do produto, e alta quantidade comprada acaba provocando o desabastecimento, uma vez que os empresários priorizam o atendimento aos carros do Brasil em detrimento dos locais. Na Bolívia o diesel sai pelo equivalente a R$ 1,25 o litro, em Corumbá o produto custa em média R$ 2,09.

A terceira solicitação cobra a instalação de uma escola com oito salas de aulas e seria uma contrapartida, ainda não cumprida, por empresas que exploram os serviços gerados a partir da implantação dos ramais do gasoduto na cidade.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)