Cassilândia, Quinta-feira, 19 de Julho de 2018

Últimas Notícias

19/03/2018 07:40

Em plena colheita da soja, preço aumenta 16%

Campo Grande News

 Mesmo em plena colheita, a soja contabiliza alta considerável nos preços desta safra. A saca de 60 quilos do grão encerrou a semana cotada a R$ 67 em Mato Grosso do Sul. O valor, relativo ao dia 15 de março, é quase R$ 10 acima do preço de igual data do ano passado, de R$ 57,62. A diferença, de 16,27%, é impulsionada pela redução da oferta da oleaginosa em cenário de quebra da safra da Argentina, a terceira maior produtora mundial.

Conforme histórico da Granos Corretora, a diferença da cotação média em um ano é de R$ 9,38. Atualmente (dia 15 de março), o preço da saca de 60 quilos chega a R$ 68 nos mercados de Caarapó e de Ponta Porã. Também são considerados, no levantamento, os valores praticados em Campo Grande (R$ 65,5), Chapadão do Sul (R$ 67,5), Dourados (R$ 68), Maracaju (R$ 67,5), São Gabriel do Oeste (R$ 65) e Sidrolândia (R$ 66,5).

A alta ocorre em momento em que a oferta do mercado mundial foi retraída com a queda na produção argentina. No início deste mês, a BCBA ( Bolsa de Cereais de Buenos Aires) informou recuo na estimativa de produção de soja na Argentina. A última projeção é de 44 milhões de toneladas. No início da safra, era de 54 milhões de toneladas.

As cotações da saca de soja também também se relacionam ao comportamento do mercado internacional. No encerramento da semana passada, a Bolsa de Chicago acumulou alta de 1% depois de três sessões seguidas de valorizações da soja.

Colheita – Monitoramento do Siga MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), divulgado há uma semana, pela Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de MS), mostrou quejá foram colhidos 75% das lavouras, o que corresponde a 1,95 milhão de hectares da área com a oleaginosa.

O ritmo está mais avançado na região norte. “O tempo firme do início de março permitiu que os agricultores intensificassem os trabalhos nas lavouras. A evolução nos últimos 10 dias foi de 15,4% no estado, representando mais de 400 mil hectares”, afirmou, na ocasião, o presidente da Aprosoja, Juliano Schmaedecke.

Em relação à safra anterior, há aumento de área plantada estimada em 2,5%, passando de 2,52 milhões para 2,6 milhões de hectares. “Para tanto identificamos um aumento de 2,4% em relação a expectativa do volume de produção de grãos (de 8,532 milhões de toneladas na safra 2016/2017 para 8,736 milhões de toneladas na safra 2017/2018). A produtividade para esta safra está estimada em 56,0 sc/ha”, afirma a nota técnica.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 19 de Julho de 2018
09:00
Santo do dia
Quarta, 18 de Julho de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Terça, 17 de Julho de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)