Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/07/2014 14:39

Em partida emocionante, Argentina vence Suíça na prorrogação

FPF

Argentina e Suíça se enfrentaram nesta terça-feira (1/7) em São Paulo pelas oitavas de final da Copa do Mundo 2014 e os argentinos conseguiram a classificação ao vencer na prorrogação pelo placar de 1 a 0.

A Argentina começou a partida com mais posse de bola e vendo os suíços marcando a troca de passes dos sul-americanos. Aos oito minutos, Inler arriscou de longe mas sem trazer perigo para o gol de Romero.

Os argentinos brigavam pelo ataque mas encontravam dificuldades em impor seu jogo diante da defesa adversária. Messi tentou em cobrança de falta aos 24, desviada de cabeça por Higuaín, mas pela linha de fundo.

A Suíça respondeu três minutos depois, quando Shaqiri fez a jogada individual, se aproximou da linha de fundo e esperou Xhaka para rolar a bola para o companheiro, que fez o arremate e Romero defendeu.

Di María cruzou a bola, Higuaín tentou a conclusão e a jogada acabou sobrando para Lavezzi tentar e Benaglio fazer a defesa. Em outra jogada do atleta do Real Madrid-ESP, Garay foi para o desvio de cabeça, desperdiçando a chance de marcar o gol.

Em contra-ataque, Drmic ficou de frente para o goleiro aos 38 minutos e tentou encobrir Romero, mas a bola foi direto para as mãos do goleiro argentino. Nos minutos finais do primeiro tempo, a Argentina brigava mais no campo ofensivo, sem conseguir finalizar com precisão.

Em troca de passes no começo do segundo tempo, Messi e Di María fizeram a jogada para Lavezzi tentar o cruzamento dentro da área e Djorou chegar para o corte.

Shaqiri respondeu em cobrança de falta para a Suíça e Romero quase se atrapalhou na hora da defesa mas ficou com a bola. Em nova chance dos suíços, Rodríguez bateu de longe, mas sem sucesso.

Rojo, em chute cruzado, bateu forte na bola e Benaglio tirou a bola do caminho do gol. A Argentina seguia insistindo e Higuaín desviou a bola para quase abrir o placar da Arena Corinthians.

Aos 22, Messi aproveitou sobra de defesa na entrada da área, dominou e bateu por cima da meta suíça. A Argentina era quem pressionava mais pelo gol, mas os suíços conseguiam encontrar espaços para tentar encaixar o contra-ataque.

Em jogada na área, Messi cruzou para Palacio, que mandou para fora. Depois, Messi recebeu a bola e arriscou o chute, que Benaglio defendeu e os argentinos não conseguiram aproveitar o rebote.

A Suíça se prendia na defesa para impedir a Argentina de chegar ao gol. Aos 43, Messi tentou a jogada individual por entre a defesa e Palacio acabou desperdiçando a oportunidade do chute.

Nos acréscimos, Schär cabeceou bola vinda de cobrança de falta, mas mandou longe da meta adversária. Com o empate prevalecendo no tempo normal, a partida se encaminhou para a prorrogação.

Os argentinos iniciaram a prorrogação no ataque e se lançando em busca de espaço para as suas jogadas ofensivas. Aos três minutos, Messi bateu falta, Palacio se antecipou para o cabeceio e Benaglio defendeu.

De longe, Shaqiri arriscou o chute mas sem direção. A partida se mostrava equilibrada mas sem muita precisão ofensiva por parte das duas equipes.

Aos três minutos do segundo tempo da prorrogação, Di María recebeu na direita e bateu alto para Benaglio espalmar. A Argentina continuava a pressionar e a ter mais força no ataque, mas ainda sem conseguir precisão no chute a gol.

O ritmo da partida se tornou mais cadenciado e os suíços barravam as investidas dos argentinos, mas aos 12 minutos, em jogada envolvendo Palacio e Messi, a bola ficou com Di María, em chute cruzado, abrir o placar.

A Suíça quase empatou o jogo quando Shaqiri aproveitou sobra de tentativa do goleiro Benaglio, que foi até a área para ajudar o seu time, deixou Dzemaili desviar de cabeça e mandar na trave. No rebote, a bola foi para fora.

Ficha técnica

Argentina 1 x 0 Suíça

Local: Arena Corinthians, São Paulo;

Árbitro: Jonas Eriksson (SWE);
Assistentes: Mathias Klasenius (SWE) e Daniel Warnmark (SWE);

Argentina: Romero; Zabaleta, Fernandez, Garay e Rojo (Basanta); Mascherano, Gago (Biglia) e Dí Maria; Messi, Lavezzi (Palacio) e Higuain.
Técnico: Alejandro Sabella.

Suíça: Benaglio; Lichtsteiner, Djourou, Schär e Ricardo Rodríguez; Behrami, Inler, Shaqiri e Xhaka (Gelson Fernandes); Mehmedi (Dzemaili) e Drmic (Seferovic).
Técnico: Ottmar Hitzfeld

Gol: Di María (ARG) aos 12 do segundo tempo da prorrogação

CA: Xhaka e Gelson Fernandes (SUI); Dí Maria e Rojo (ARG)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)