Cassilândia, Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

26/11/2004 15:17

Em nova fase, Zeca admite aliança com PMDB

Malu Prado / Campo Grande News

Para o governador Zeca do PT não existem mais obstáculos para uma possível aliança entre o PT e o PMDB, em Mato Grosso do Sul, se o processo for mantido no cenário nacional.
Nos últimos dias, o governador tem admitido estar em uma nova fase, em que rivalidades políticas estão em segundo plano, em detrimento aos interesses econômicos e sociais do Estado.
Uma prova disso ocorreu nesta sexta-feira. Zeca recebeu em seu gabinete o senador Ramez Tebet e sua filha Simone Tebet, ambos do PMDB. As duas legendas são conhecidas historicamente pelas rivalidades, principalmente entre o governador e o atual prefeito de Campo Grande, André Puccinelli (PMDB). Para Zeca, a reunião não foi apenas histórica, mas mostra o amadurecimento das lideranças políticas.
O governador defendeu que a aproximação reflete o momento que Mato Grosso do Sul vive social e economicamente. “Somos capazes de construir parcerias respeitando divergências político-partidárias”, destacou.
O ponto de vista é compartilhado com Simone e Ramez Tebet. O senador da República, em entrevista após a reunião com o governador, disse que a sociedade não admite mais a oposição radical e sim a governabilidade. Ele incluiu parcerias entre o Governo estadual, Prefeituras e parlamentares. E acrescentou que no Congresso Nacional, deputados e senadores têm direcionado emendas para municípios de base eleitoral adversária.
A reunião terminou com um acordo selado. Equipes do governo e da próxima administração de Três Lagoas, chefiada por Simone Tebet, prefeita eleita da cidade, vão trabalhar juntas para um projeto de desenvolvimento do município. Este pacote inclui obras para melhorar a infra-estrutura; construção de um parque de esporte e lazer; de um centro de convenções para atrair o turismo de eventos; e construção de casas populares. Eles também vão estudar um plano para atrair indústrias.
Simone não admite que a parceria sinaliza uma aliança para 2006, o senador Ramez Tebet também. Para Simone, falta muito tempo para 2006 e em “política 24 horas é muito”. Porém Ramez afirma que as conversas “podem ser um passo para o futuro”.
André Puccinelli também afirma que “nada é impossível”. Já o governador preferiu dizer: “Se tiver que fazer aliança nós vamos discutir”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 19 de Janeiro de 2017
Quarta, 18 de Janeiro de 2017
21:49
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Terça, 17 de Janeiro de 2017
23:53
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)