Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/01/2016 08:10

Em nota, SES justifica exclusão do Estado de relatório do Ministério da Saúde

Campo Grande News

Em nota, assessoria de imprensa da SES (Secretaria de Estado de Saúde) informou que todos os dados coletados sobre o combate ao Aedes aegypti estão disponíveis para o Ministério da Saúde.

"A SES reforça que todos os dados coletados pelo sistema utilizado na Sala de Situação estão disponíveis ao Ministério da Saúde. Devido a alteração de relatório à pedido do Ministério, a SES/MS está readequando as informações ao modelo exigido para o envio imediato", diz a nota.

O mosquito Aedes Aegypti é o transmissor de doenças graves como Dengue, chikungunya e zika vírus. Na sexta-feira (22), o Ministério da Saúde divulgou o primeiro balanço que reúne os dados do trabalho desenvolvido pelos agentes de controle de vetores, em todo o País. Os dados foram coletados em 2.548 municípios brasileiros (45% do total), de 19 unidades da federação.

Mato Grosso do Sul e outros setes estados - Amazonas, Roraima, Alagoas, Espírito Santo, Paraná e Rio Grande do Sul - não enviaram as informações sobre o trabalho desenvolvido nas vistorias.

No entanto, a SES garante que os dados estão disponíveis. "A Secretaria de Estado de Saúde reitera o seu compromisso no enfrentamento e mobilização contra o mosquito Aedes Aegypti, através da eficiência nos trabalho de visitas domiciliares", diz, ainda, a nota.

"Para isso, hoje (24) está sendo aplicado pelas equipes de endemias dos municípios um novo sistema, utilizado através de tablets e smartphones para dinamizar o registro das visitas e a detecção de focos dos mosquitos", explicou o texto.

De acordo com a SES, os dados serão agora repassados em tempo real para a Sala de Situação que direcionará as ações de combate nos locais visitados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)