Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/07/2009 14:40

Em MS, 90% dos psicultores estão na ilegalidade

Danúbia Burema, Campo Grande News

Em Mato Grosso do Sul, 90% dos psicultores ainda trabalham na ilegalidade. A informação é do superintendente federal de Aquicultura e Pesca, Valteci Ribeiro de Castro Júnior, que afirma ser essa uma das principais preocupações do Governo Federal em relação ao setor de Aquicultura no Estado.

O assunto é discutido durante a 3ª Conferência Estadual de Aqüicultura e Pesca, da qual participam cerca de 300 ribeirinhos de MS, além de pesquisadores e entidade ligadas à área.

Segundo o superintendente federal, há no Estado entre mil e 1.200 psiculturas e apenas 10% delas está funcionando de acordo com as normas estabelecidas pelo Conama (Conselho Nacional de Meio Ambiente).

Portaria baixada pelo Conselho e pelo Governo Federal neste ano estabelece as normas que devem ser seguidas pelas psiculturas, para impedir agressões ao meio ambiente.

Entretanto, Valteci explica que as psiculturas do Estado que usam águas pertencentes à União, como as lagoas de hidrelétricas, ainda não conseguiram se adequar.

De acordo com o superintendente, a área mais crítica é a região leste do Estado, nas proximidades dos municípios de Aparecida do Taboado e Bataguassu.

A estratégia de psicultura tem sido reforçada pelo Governo Federal como forma de garantir o sustento dos pequenos pescadores. A intenção é formar pequenas comunidades em torno de uma psicultura para mostrar aos ribeirinhos que essa pode ser uma alternativa rentável.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)