Cassilândia, Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018

Últimas Notícias

06/12/2018 08:20

Em MS, 500 mil pessoas vivem com menos de R$ 400 por mês

Correio do Estado

 

Em Mato Grosso do Sul, aproximadamente 500 mil pessoas vivem na linha da pobreza, com menos de R$ 406 mensal, valor inferior aos US$ 5,5 por dia (segundo a cotação do período analisado), adotado pelo Banco Mundial para definir se uma pessoa é pobre nos países em desenvolvimento.

Os dados são referentes ao ano de 2017 e fazem parte da pesquisa Síntese de Indicadores Sociais (SIS 2018), divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Conforme a pesquisa, no ano passado, 2,646 milhões de pessoas residiam em Mato Grosso do Sul, em 902 mil residências. Do total da população, 18,9% estavam na chamada linha da pobreza.

O nímero indica que houve aumento no contigente de pessoas pobres, na comparação com o ano de 2016, quando 17% da população sobrevivia com o valor estipulado pelo Banco Mundial. Com a população de 2,6 milhões, o porcentual correspondia, em 2016, a 442 mil pessoas abaixo da linha da pobreza.

Segundo o IBGE, a recessão econômica dos últimos anos foi responsável pelo aumento das pessoas nestas condições.

Além do rendimento abaixo do salário mínimo, a pesquisa aponta que grande parte da população vive em domicílios com inadequações nas condições de moradia, como ausência de banheiro ou sanitário de uso exclusivo do domicílio; paredes externas construídas com materiais não duráveis; adensamento excessivo, com mais de moradores por dormitório e ônus excessivo com o aluguel, quando o valor é superior a 30% da renda domiciliar.

No Brasil, a proporção de pessoas pobres no Brasil era de 25,7% em 2016 e subiu para 26,5%, em 2017. Em números absolutos, esse contingente variou de 52,8 milhões para 54,8 milhões de pessoas, no período.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 12 de Dezembro de 2018
Terça, 11 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Segunda, 10 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 09 de Dezembro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)