Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/11/2010 09:02

Em MS, 25 mil deixaram de fazer as provas do Enem

Campo Grande News/ Marta Ferreira

Dos 98.423 alunos inscritos para fazer o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em Mato Grosso do Sul, 26% não fizeram as provas no domingo, o que equivale a mais de 25 mil faltos. Com isso, o índice de abstenção estadual ficou abaixo do nacional, que fechou em 29,9%.

No País, dos 4,6 milhões de estudantes que se inscreveram para fazer o Enem, 3,3 milhões fizeram as provas.

Apesar dos erros constatados na folha de respostas e em cadernos de perguntas entregues com versões diferentes de provas misturadas, o presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquias Anísio Teixeira), Joaquim Neto, considera que o exame “cumpriu seu papel”.

Não houve registro de nenhuma falha de segurança durante as provas”, afirmou.
Os cadernos de prova estarão disponíveis para consulta nesta segunda-feira, 8.

Na terça, dia 9, sairá o gabarito oficial, às 18h. Em seguida, na quarta-feira, 10, estará aberta uma página no sistema de acompanhamento do Enem para que os alunos que se sentiram prejudicados pela troca de cabeçalhos no cartão-resposta – ocorrida na prova de sábado – entrem com requerimento, no caso de terem preenchido o cartão de forma inversa à ordem das questões. O sistema ficará disponível até o dia 16.

“Nenhum estudante será prejudicado”, garantiu o presidente do Inep sobre os erros ocorridos nas provas. Joaquim Neto informou que será feito um levantamento do problema, para que seja dada a melhor solução aos candidatos.

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) anunciou ontem que vai pedir a realização de nova prova para os alunos que se sentirem prejudicados.

Acesso à universidade - O estudante que realizou as provas pode concorrer as 83 mil vagas em universidades públicas, além do Prouni (Programa Universidade Para Todos) que, em média, tem oferecido 100 mil bolsas a cada processo seletivo.

“Nenhum estudante será prejudicado”, garantiu Neto em relação à troca do cabeçalho e aos erros gráficos em alguns cadernos de prova da cor amarela. Sobre estes, o presidente do Inep informou que será feito um levantamento do problema, para que seja dada a melhor solução aos candidatos.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)