Cassilândia, Domingo, 29 de Novembro de 2020

Últimas Notícias

03/12/2016 19:23

Em MS, 2,6 mil têm até o fim do mês para sacar os R$ 880 de abono salarial

Campo Grande News

Em Mato Grosso do Sul, até o dia 1º deste mês, 2.634 trabalhadores ainda não haviam sacado o abono salarial do ano-base 2014 – que corresponde a um salário mínimo (R$ 880) – e têm só até o dia 30 de dezembro. Depois dessa data, o recurso volta para o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), alerta o Ministério do Trabalho e Emprego.

No Estado, das 7.477 pessoas na lista do MTE para receber o abono, 4.843 – 64,77% do total – já estão com o dinheiro. O governo pagou R$ 4.235.328,23 aos trabalhadores.

No Brasil, ao menos 928 mil pessoas ainda têm de sacar o benefício.

O chefe de divisão do Seguro-desemprego e Abono Salarial do Ministério do Trabalho, Márcio Ubiratan, lembra que quem perder o prazo não terá mais como sacar o benefício. “Até 30 de dezembro, esse dinheiro poderá ser sacado em qualquer agência da Caixa, no caso dos trabalhadores vinculados ao PIS [Programa de Integração Social], e no Banco do Brasil, no caso dos vinculados ao Pasep [Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público]”, reforçou por meio da assessoria de imprensa.

Têm direito ao Abono Salarial ano-base 2014 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2014 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos (R$ 1.760); e tenha seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais.

Direito – Os trabalhadores podem consultar se têm direito ao benefício pelo portal trabalho.gov.br/abono-salarial, inserindo CPF ou número do PIS/Pasep e data de nascimento. A Central de Atendimento Alô Trabalho do Ministério do Trabalho, que atende pelo número 158, também tem informações sobre o PIS/Pasep.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 28 de Novembro de 2020
Sexta, 27 de Novembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)