Cassilândia, Quarta-feira, 22 de Maio de 2019

Últimas Notícias

08/05/2019 13:30

Em MS, 18% dos solos são arenosos aponta Aprosoja/MS

Correio do Estado

 

Mato Grosso do Sul tem 6,6 milhões de hectares com solo de característica arenosa. A informação foi divulgada pelo presidente da Associação de Produtores de Soja (Aprosoja/MS), Juliano Schmaedecke, na abertura oficial do III Simpósio Brasileiro de Solos Arenosos, realizada nesta terça-feira (7), na Universidade Estadual de MS (UEMS).

Schmaedecke destaca que pesquisas direcionadas para o tipo de solo e assistência técnica são os primeiros passos para produzir lavouras, nestas condições.

"O produtor tem que andar de mãos dadas com a pesquisa, sem esquecer da gestão, planejamento e boa estratégia. Esse conjunto de ações garantem mudanças significativas e bons resultados em produtividade para a soja”, afirma.

O presidente da Federação de Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul), Mauricio Saito, ressaltou o trabalho realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem (Senar/MS), por intermédio do programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG).

“No Estado, 755 produtores são assistidos pelo programa ATeG e têm propriedades rurais com essa tipologia de solo. Em seis anos de atuação na extensão rural, possibilitamos o aumento da capacidade de suporte destas propriedades, que passaram de 0,87 UA/ha/ano para 2,24 UA/ha/ano. Esse é um dos exemplos de como é possível intensificar a agropecuária com sustentabilidade”, aponta.

SOBRE O SIMPÓSIO

Durante quatro dias, o evento realizado em Campo Grande debaterá a Intensificação Agropecuária Sustentável em solos arenosos, com pesquisadores, produtores, profissionais e acadêmicos. Robelio Leandro Marchao, diretor do Núcleo regional Centro-Oeste da Sociedade Brasileira de Ciência do solo, destacou que a entidade existe desde a década de 1940 em Presidente Prudente e está entre as mais antigas do país.

“O tema desse simpósio é uma de nossas prioridades e por isso é tão importante essa oportunidade de trocar experiências”.

Na abertura, José Carlos Polidoro, chefe-geral da Embrapa Solos, destacou que milhões de hectares de solos arenosos antes considerados inaptos, agora produzem de forma intensiva e com alta produtividade.

“Temos exemplos de que em novos sistemas de produção, avançamos nas fronteiras agrícolas. Mas as perdas chegam a 5 bilhões de dólares, insumos indo para onde não deveria, camadas de solos perdidas. A Intensificação sustentável tem o desafio de conter esse processo erosivo”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 22 de Maio de 2019
10:00
Receita do Dia
09:21
Cassilândia
Terça, 21 de Maio de 2019
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)