Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/07/2016 06:15

Em MS, 17 partidos são processados por propaganda partidária irregular

Campo Grande News

Dos 21 partidos políticos fiscalizados pela Procuradoria Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul, 17 são processados por utilizarem o horário reservado para a propaganda partidária na TV para promover pré-candidatos a prefeito de Campo Grande ou por conteúdo irregular. Juntas, as legendas correm risco de perder 1.156 minutos e 20 segundos de inserções na televisão, pouco mais de 19 horas.

Conforme o balanço divulgado pela PRE na tarde de terça-feira (26), em 2015 e neste ano, 26 processos por uso ilegal do tempo para propaganda partidária foram ajuizados no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul).

Assim que julgadas as ações, as penalidades serão aplicadas, entretanto, fora do período de campanha, porque não têm relação com a propaganda eleitoral – usada para que candidatos exponham propostas. As sanções só terão consequência para os partidos depois das eleições, porque a propaganda partidária está proibida desde o dia 1º de julho.

De acordo com a legislação, os partidos têm acesso gratuito às emissoras de rádio e TV, no período pré e pós-eleitoral, para divulgar ideais, estimular a participação feminina na política e atrair integrantes para a legenda, por exemplo.

Irregularidades – Contudo, em 2016, segundo apuração da PRE, de 21 partidos fiscalizados, apenas quatro cumpriram a lei.

O PV (Partido Verde), o PSD (Partido Social Democrático) e PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) utilizaram seus espaços na televisão para desvirtuar a propaganda partidária em prol da exposição de pré-candidatos a prefeito de Campo Grande, conforme a acusação que respondem na Justiça.

O PSD e o PMDB também respondem, ao lado de outros 14 partidos, pelo descumprimento do percentual de tempo da propaganda partidária que deveria ser reservado para promoção e difusão da participação feminina na política – 10% em 2015 e 20% em 2016.

“Da análise do material apresentado pelos partidos, observamos que, ao invés de estimular a participação feminina no cenário político brasileiro, as agremiações se limitaram a colocar mulheres narrando ou apresentando as propagandas partidárias”, argumentou a procuradoria nas ações.

Em 2016, foram fiscalizados e estavam irregulares: PR (Partido da República), PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira), DEM (Democratas), PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), PDT (Partido Democrático Trabalhista), Pros (Partido Republicado na Ordem Social), PRB (Partido Republicano Brasileiro), PTdoB (Partido Trabalhista do Brasil), PMN (Partido da Mobilização Nacional), Rede (Rede Sustentabilidade), PSC (Partido Social Cristão), PSDC (Partido Social Democrata Cristão), PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro), PRP (Partido Republicado Progressista), PSD, PMDB e PV.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)