Cassilândia, Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2019

Últimas Notícias

10/01/2019 10:20

Em MS, 15% da população pode migrar para tarifa branca

Correio do Estado

 

O Conselho dos Consumidores da Área de Concessão da Energisa-MS (Concen) divulgou nesta quarta-feira (9), que desde 1º de janeiro de 2019, a opção pela tarifa branca está disponível para pessoas físicas ou jurídicas que consomem mais de 250 KWh/mês (cerca de 15,9 milhões de unidades consumidoras no País).

Em Mato Grosso do Sul, na área de concessão da Energisa-MS, que representa 1.018.269 consumidores em 74 municípios, 15% estão dentro do público elegível para adesão, nesta nova etapa. O alerta tem objetivo de ampliar o cadastramento dos possíveis beneficiados, que até o momento somam apenas 74 consumidores.

A tarifa branca sinaliza aos consumidores a variação do valor da energia conforme o dia e o horário do consumo. Ela é oferecida para as unidades consumidoras que são atendidas em baixa tensão (residências e pequenos comércios, por exemplo) e não se aplica a consumidores residenciais classificados como baixa renda, beneficiários de descontos previstos em Lei, e à iluminação pública.

AVALIAÇÃO

De acordo com a presidente do Concen, Rosimeire Costa, antes do consumidor optar pela decisão da migração é necessário que realize uma análise criteriosa da demanda sobre a rotina da empresa para garantir a efetiva redução, que pode ficar entre 30% e 40% no consumo de energia elétrica.

“Para isso, é preciso disciplina e que o consumidor não usufrua de carga total em residência de 16h30 a 21h30. Se não houver esse controle, no lugar de redução, pode haver até aumento no consumo, além de que uma migração não planejada prejudica toda sociedade porque a troca do equipamento custa em torno de R$ 1 mil, custo que não é pago individualmente e sim por todos os consumidores da área da concessão”, pontua a especialista.

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

Aprovada em 2016, a aplicação da tarifa segue um cronograma de preferência, de modo a priorizar as solicitações com as seguintes características:

• 1º de janeiro de 2018, para novas ligações e para unidades consumidoras com média anual de consumo mensal superior a 500 kW/h;

• 1º de janeiro de 2019 para unidades consumidoras com média anual de consumo mensal superior a 250 kW/h; e,

• 1º de janeiro de 2020 para todas as unidades consumidoras.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 17 de Janeiro de 2019
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Quarta, 16 de Janeiro de 2019
10:00
Receita do dia
Terça, 15 de Janeiro de 2019
15:53
Cassilândia
09:00
Santo do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)