Cassilândia, Quinta-feira, 30 de Março de 2017

Últimas Notícias

20/09/2011 10:22

Em meio à alerta contra aftosa, governador cobra do Mapa verba para sanidade

Fabiano Arruda e Vinicius Squinelo, Campo Grande News

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou, na manhã desta terça-feira, que vai ao Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em Brasília (DF), ainda hoje, para tratar do assunto aftosa e tentar destravar os R$ 16 milhões que a pasta libera ao governo do Estado para sanidade animal.

Puccinelli comentou que, neste ano, a verba estava destinada para os três últimos meses.

Ele afirmou ainda que, ontem, enquanto cumpria agenda em Rio Brilhante, estabeleceu o primeiro contato com o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho.

O governador lembrou que em 2005 foram liberadas 1 milhão de doses de vacinas que foram aplicados em gados do território de Mato Grosso do Sul e no Paraguai.

“A aftosa não é um problema só do Paraguai. Caso seja possível e necessário, tanto a força pessoal quanto a material do Estado, vão estar disponível para a vacinação do gado paraguaio”, garantiu.

André também destacou que, desde a primeira notícia sobre aftosa em no país vizinho, que surgiu numa província a 200 km de MS, efetivos da Força Nacional, DOF (Departamento de Operação de Fronteira, policias militar e civil, foram reforçados na região de fronteira para proibir entrada e saída de gado do Paraguai no território sul-mato-grossense.

Ainda conforme o chefe do Executivo Estadual, até a operação Ágata 2, desencadeada pelas Forças Armadas no Estado, tem auxiliado na fiscalização do trânsito de animais na faixa fronteiriça com o Paraguai.

Puccinelli garantiu que, por hora, não há sanção à carne de Mato Grosso do Sul. Ele também relatou que tem conhecimento de que a carne paraguaia, até abatida, em frigorífico, retornou para a fazenda de onde saiu o gado.

A titular da Seprotur (Secretaria de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo), Tereza Cristina, já está em Brasília para reunião com o ministro da Agricultura.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 30 de Março de 2017
Quarta, 29 de Março de 2017
20:34
Loteria
Terça, 28 de Março de 2017
21:41
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)