Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/11/2013 17:09

Em jogo de 24 pênaltis seleção do Brasil perde para o México

FPF

O Brasil está eliminado do Mundial Sub-17, nos Emirados Árabes Unidos, ao perder nos pênaltis para o México por 11 a 10, após empate por 1 a 1 no tempo normal.

O Brasil tentou atacar no começo da partida, mas o México passou a ocupar os espaços e a tocar a bola no campo de ataque.

O jogo se mostrava equilibrado, mas com poucas chances de gol. Aos 25, Nathan bateu falta e o goleiro mexicano conseguiu a defesa.

O México teve a grande chance de abrir o placar aos 36, quando Ochoa recebeu lançamento e ficou cara a cara com Marcos, que evitou o gol dos mexicanos.

Aos 43, Índio tentou bater falta na área e a bola quase entrou no gol de Guidiño, batendo no travessão.

O segundo tempo começou com o México tocando a bola e o Brasil não conseguindo vencer a marcação adversária. Aos 12 minutos, Kenedy tentou cruzar a bola na área, mas Robles conseguiu afastar.

Danilo tentou o cabeceio após escanteio e Gudiño conseguiu tirar a bola do caminho do gol. O Brasil buscava a pressão, com o México esperando espaço para o contra-ataque.

Nathan bateu falta aos 29 e o goleiro mexicano foi para a bola. O México tentou sair para o contra-ataque, mas Marcos, fora da área, tirou o perigo.

Aos 35 minutos, o México abriu o placar em Dubai. Na cobrança de falta, a bola chegou até Ochoa, que conseguiu o desvio e colocou os mexicanos na frente do marcador.

O Brasil conseguiu o empate aos 40 minutos, com Nathan, aproveitando rebote da defesa em tentativa de Joanderson.

Léo Pereira teve a chance de fazer o segundo gol brasileiro aos 42, mas Gudiño acabou fazendo a defesa. O Brasil brigou no ataque até o final, mas não conseguiu o gol.

O jogo foi para os pênaltis, e o Brasil iniciou a série com o gol de Mosquito. Díaz abriu a série mexicana e empatou a partida em Dubai. Nathan bateu no canto de Guidiño,que tentou a defesa, mas não conseguiu.

Ochoa foi para a cobrança, Marcos tocou na bola, mas ela entrou no gol. Para o Brasil, Lucas foi para sua tentativa e fez o terceiro gol brasileiro na série.

Marcos defendeu a cobrança de Rivas e o Brasil teve a chance de aumentar a vantagem com Danilo, que converteu sua cobrança.

Aguirre marcou para o México e manteve seu time na disputa. Gabriel teve a chance de classificar o Brasil, mas Gudiño caiu para ficar com a bola.

Wbias foi para a cobrança e bateu de cavadinha para vencer Marcos e levar o jogo para a série de cobranças alternadas, aberta com o gol de Léo Pereira, para o Brasil.

Granados empatou novamente a série de cobranças. Thiago Maia bateu no meio do gol e manteve o Brasil vivo nas cobranças de pênalti.

O México empatou novamente a série no gol convertido por Tovar. Joanderson recolocou o Brasil na frente do placar da segunda série de cobranças.

Robles fez o gol e manteve o México na disputa. Eduardo bateu rasteiro e fez o oitavo gol brasileiro na série. Govea bateu forte e fez o gol do empate mexicano.

No duelo de goleiros, Marcos venceu Gudiño e fez o gol brasileiro. Terán bateu rasteiro e também marcou para o México.

Auro bateu forte no canto e fez o décimo gol brasileiro. O México foi com Gudiño, que bateu para igualar a série de cobranças.

Com todos os onze jogadores já utilizados, os jogadores da primeira série retornaram e Mosquito bateu para a defesa do goleiro mexicano. Díaz marcou em sua cobrança e classificou o México para as semifinais.

Ficha Técnica

Brasil 1 (10) x (11) 1 México

Local: Rashid Stadium, Dubai (EAU)

Árbitro: Svein Oddvar Moen (Noruega)

Assistentes: Kim Haglund e Frank Andas (ambos da Noruega)

Brasil: Marcos; Auro, Lucas, Eduardo e Índio (Léo Pereira); Thiago Maia, Caio (Gabriel), Danilo, Nathan e Kenedy (Joanderson); Mosquito

Técnico: Alexandre Gallo

México: Guidiño; Aguirre, Terán, Wbias e Rodríguez (Robles); Ochoa, Govea, Hernández (Tovar) e Rivas; Díaz e Jaimes (Granados)

Técnico: Raúl Gutiérrez

Gols: Ochoa (MEX) aos 35, Nathan (BRA) aos 40 do segundo tempo

CA: Léo Pereira, Nathan e Eduardo (BRA)

Pênaltis: Brasil 10 (Mosquito, Nathan, Lucas, Danilo, Léo Pereira, Thiago Maia, Joanderson, Eduardo, Marcos e Auro) x 11 (Díaz, Ochoa, Aguirre, Wbias, Granados, Tovar, Robles, Govea, Terán, Gudiño e Díaz) México

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)