Cassilândia, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

Últimas Notícias

01/11/2013 17:09

Em jogo de 24 pênaltis seleção do Brasil perde para o México

FPF

O Brasil está eliminado do Mundial Sub-17, nos Emirados Árabes Unidos, ao perder nos pênaltis para o México por 11 a 10, após empate por 1 a 1 no tempo normal.

O Brasil tentou atacar no começo da partida, mas o México passou a ocupar os espaços e a tocar a bola no campo de ataque.

O jogo se mostrava equilibrado, mas com poucas chances de gol. Aos 25, Nathan bateu falta e o goleiro mexicano conseguiu a defesa.

O México teve a grande chance de abrir o placar aos 36, quando Ochoa recebeu lançamento e ficou cara a cara com Marcos, que evitou o gol dos mexicanos.

Aos 43, Índio tentou bater falta na área e a bola quase entrou no gol de Guidiño, batendo no travessão.

O segundo tempo começou com o México tocando a bola e o Brasil não conseguindo vencer a marcação adversária. Aos 12 minutos, Kenedy tentou cruzar a bola na área, mas Robles conseguiu afastar.

Danilo tentou o cabeceio após escanteio e Gudiño conseguiu tirar a bola do caminho do gol. O Brasil buscava a pressão, com o México esperando espaço para o contra-ataque.

Nathan bateu falta aos 29 e o goleiro mexicano foi para a bola. O México tentou sair para o contra-ataque, mas Marcos, fora da área, tirou o perigo.

Aos 35 minutos, o México abriu o placar em Dubai. Na cobrança de falta, a bola chegou até Ochoa, que conseguiu o desvio e colocou os mexicanos na frente do marcador.

O Brasil conseguiu o empate aos 40 minutos, com Nathan, aproveitando rebote da defesa em tentativa de Joanderson.

Léo Pereira teve a chance de fazer o segundo gol brasileiro aos 42, mas Gudiño acabou fazendo a defesa. O Brasil brigou no ataque até o final, mas não conseguiu o gol.

O jogo foi para os pênaltis, e o Brasil iniciou a série com o gol de Mosquito. Díaz abriu a série mexicana e empatou a partida em Dubai. Nathan bateu no canto de Guidiño,que tentou a defesa, mas não conseguiu.

Ochoa foi para a cobrança, Marcos tocou na bola, mas ela entrou no gol. Para o Brasil, Lucas foi para sua tentativa e fez o terceiro gol brasileiro na série.

Marcos defendeu a cobrança de Rivas e o Brasil teve a chance de aumentar a vantagem com Danilo, que converteu sua cobrança.

Aguirre marcou para o México e manteve seu time na disputa. Gabriel teve a chance de classificar o Brasil, mas Gudiño caiu para ficar com a bola.

Wbias foi para a cobrança e bateu de cavadinha para vencer Marcos e levar o jogo para a série de cobranças alternadas, aberta com o gol de Léo Pereira, para o Brasil.

Granados empatou novamente a série de cobranças. Thiago Maia bateu no meio do gol e manteve o Brasil vivo nas cobranças de pênalti.

O México empatou novamente a série no gol convertido por Tovar. Joanderson recolocou o Brasil na frente do placar da segunda série de cobranças.

Robles fez o gol e manteve o México na disputa. Eduardo bateu rasteiro e fez o oitavo gol brasileiro na série. Govea bateu forte e fez o gol do empate mexicano.

No duelo de goleiros, Marcos venceu Gudiño e fez o gol brasileiro. Terán bateu rasteiro e também marcou para o México.

Auro bateu forte no canto e fez o décimo gol brasileiro. O México foi com Gudiño, que bateu para igualar a série de cobranças.

Com todos os onze jogadores já utilizados, os jogadores da primeira série retornaram e Mosquito bateu para a defesa do goleiro mexicano. Díaz marcou em sua cobrança e classificou o México para as semifinais.

Ficha Técnica

Brasil 1 (10) x (11) 1 México

Local: Rashid Stadium, Dubai (EAU)

Árbitro: Svein Oddvar Moen (Noruega)

Assistentes: Kim Haglund e Frank Andas (ambos da Noruega)

Brasil: Marcos; Auro, Lucas, Eduardo e Índio (Léo Pereira); Thiago Maia, Caio (Gabriel), Danilo, Nathan e Kenedy (Joanderson); Mosquito

Técnico: Alexandre Gallo

México: Guidiño; Aguirre, Terán, Wbias e Rodríguez (Robles); Ochoa, Govea, Hernández (Tovar) e Rivas; Díaz e Jaimes (Granados)

Técnico: Raúl Gutiérrez

Gols: Ochoa (MEX) aos 35, Nathan (BRA) aos 40 do segundo tempo

CA: Léo Pereira, Nathan e Eduardo (BRA)

Pênaltis: Brasil 10 (Mosquito, Nathan, Lucas, Danilo, Léo Pereira, Thiago Maia, Joanderson, Eduardo, Marcos e Auro) x 11 (Díaz, Ochoa, Aguirre, Wbias, Granados, Tovar, Robles, Govea, Terán, Gudiño e Díaz) México

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 27 de Junho de 2017
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)