Cassilândia, Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020

Últimas Notícias

03/02/2020 10:24

Em dez dias, China termina construção de hospital com mil leitos

Agência Brasil

A China anunciou hoje (3) que finalizou a construção de um hospital com mil leitos para doentes do novo coronavírus, que já causou 362 mortos e mais de 17 mil infetados naquele país e no estrangeiro.

Em Wuhan, capital daquela província, no centro da China, o novo hospital foi concluído em apenas dez dias, enquanto um segundo hospital com 1.500 camas continua em construção.

As restrições em Wuhan, onde começou o surto de pneumonia viral, foram reforçadas. As autoridades decidiram que apenas um membro de cada família pode sair à rua para compras essenciais de dois em dois dias.

O reínicio das aulas foi adiado na província chinesa de Hubei, centro do surto do coronavírus.

A China aumentou hoje para 362 mortos e mais de 17 mil infetados pelo surto de pneumonia provocado pelo novo coronavírus (2019-nCoV), detetado em dezembro passado, em Wuhan.

Emergência mundial
Desde dezembro, surgiram 17.205 casos da doença em todo o país, o que levou a Organização Mundial de Saúde (OMS) a decretar emergência mundial. A doença já se espalhou por 20 países.

No domingo, morreu a primeira pessoa infetada fora da China, nas Filipinas: um chinês de 44 anos, natural de Wuhan.

Um avião da Força Aérea Portuguesa transportou para Lisboa, neste domingo (2), um grupo de 20 pessoas -- 18 portugueses e duas cidadãs brasileiras -- retiradas de Wuhan.

Além do território continental da China e das regiões chinesas de Macau e Hong Kong, há mais casos de infeção confirmados em 24 países.

O Ministério da Saúde, em Lisboa, disponibilizou instalações para portugueses provenientes de Wuhan. Eles vão ficar em "isolamento profilático" voluntário, durante 14 dias, e fazer análises para despistar o novo coronavírus.

Durante esse período, não poderão receber visitas, mesmo que controladas.

A Direção-Geral da Saúde fará um boletim clínico diário do grupo e o Ministério da Saúde realizará uma conferência de imprensa diária para dar conta da evolução da situação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 19 de Fevereiro de 2020
Terça, 18 de Fevereiro de 2020
20:00
Mesmo com a alta nos preços
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)