Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

20/10/2006 06:10

Eleição modifica bancadas tradicionais da Câmara

Agência Câmara

As eleições deste ano trouxeram novidades para muitas bancadas tradicionais da Câmara. Um dos grupos mais beneficiados foi o dos empresários, cuja representação subiu de 104 para 121 deputados - um aumento de mais de 16%, segundo o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). Entre as bancadas que perderam representantes estão a evangélica, a da saúde e a dos parlamentares ligados à produção rural.
A Frente Parlamentar Evangélica teve a maior perda: dos 60 integrantes do grupo nesta legislatura, somente 15 foram reeleitos. A eles, serão somados 12 novos deputados que professam a fé segundo a doutrina evangélica, conforme a definição adotada pelo Diap. Assembléia de Deus, Igreja Batista, Igreja Universal do Reino de Deus e Sara Nossa Terra são algumas das entidades representadas.

Produção rural
Outra tradicional bancada da Câmara, a dos produtores rurais e dos deputados ligados ao campo também perderá nomes importantes que não concorreram à reeleição e outros que não conseguiram assegurar a permanência na Câmara.
A Frente Parlamentar de Apoio à Agropecuária, que tem 185 integrantes, será bastante reduzida, pois somente 89 dos deputados foram reeleitos. A eles, serão acrescidos 24 novos representantes eleitos, que podem ou não ingressar na frente parlamentar. No total, 113 deputados ligados à produção rural atuarão na próxima legislatura. O número representa uma diminuição de quase 40% na bancada.

Proteção à saúde
Várias frentes parlamentares tratam de assuntos relacionados à saúde. Entre elas, estão as frentes em defesa das santas casas e hospitais filantrópicos; em defesa dos portadores de hepatites e das pessoas que necessitam de transplantes; e de combate ao uso do cigarro. Somente estas três agrupam mais de 220 parlamentares, dos quais apenas 103 foram reeleitos - isto é, menos de 50% dos atuais deputados.
Segundo o Diap, também diminuiu o número de assalariados e de sindicalistas na Câmara. Professores, bancários e funcionários públicos somavam 97 parlamentares, mas na próxima legislatura serão 86. No total, a renovação da Câmara atingiu 48% das cadeiras.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)