Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/12/2004 07:56

Édio Amin: vaidade zero, integridade dez!

Manoel Afonso

A notícia que o CTC homenageou Édio Amin e o cronista, resgatando assim a memória dos fundadores da entidade, e recolocando a placa com todos os nomes dos pioneiros, foi o toque que faltava para escrever a crônica. Lógico que o sumiço da placa feriu a nossa sensibilidade, pois ela tem valor afetivo, presenciou o curso da história, deu testemunho, unindo o passado ao futuro, enfim registrando nossas relações e a atuação de um punhado de homens.
Estivemos ao lado do Édio no CTC, desde o início, e seu porte ajudou a dar credibilidade ao empreendimento. Tempos difíceis, mas de união e de entusiasmo. Aliás, o Édio sempre se pautou pela presença e desprendimento nas entidades e movimentos dos quais participou. Sem estrelismo e pretensões de âncora da verdade, ouvia muito mais e quando tinha que opinar, acertava no alvo: pratico e objetivo.
Aliás, alguns chegam a confundir esse jeito próprio do Édio, de se conduzir. Mas, é parte de sua personalidade honesta, ético, responsável, trabalhador, zeloso, competente e cortês nas relações; sem atravessar o sinal. Quantas vezes, fomos testemunha de sua sensibilidade no cartório em situações delicadas, onde conseguia esclarecer dúvidas, acalmar ânimos e devolver a confiança às pessoas envolvidas. Por isso é que se ouve na cidade: “quando o Édio Amin fala, a água para!” Às vezes, até antes mesmo de procurar um advogado, procura-se o Édio para colher sua opinião. Sempre ouço de Desembargadores, Juízes, promotores, gente do povo e ex-funcionários, referências elogiosas ao Édio. Ainda na semana passada, um colega seu de cartório em Ponta Porã, falou bem dele! É chover no molhado, como se diz por aí.
Não faz tanto tempo: todos se lembram do estilo dele em administrar o município. Nada de loucuras, irresponsabilidade ou qualquer sinal de contradição aos seus conhecidos conceitos. Fazia o que era possível, dentro da lei. Não se tem notícia de um só ato ou iniciativa que motivasse dúvida do ponto de vista legal ou moral. Édio saiu de cabeça erguida, certo do dever cumprido, mas certamente lamentando não pode ter feito muito mais por essa terra, que tanto gosta desde criança, quando veio da nossa José Bonifácio. Vale recordar, que em mais de trinta anos de jornalismo, jamais tive notícia de fato idêntico: um prefeito deixando o cargo com dezenas e dezenas de meses de salários à receber da Municipalidade. E mais: em algumas situações emergências, diante da falta de recursos da Prefeitura, Édio fez uso de seu próprio dinheiro para resolver problemas do Município. É bom que se registre que até hoje Édio Amin é credor de grande parte de seus salários, e não faz alarde disso e nem demagogia.
Entra ano, sai ano, em tempos de dúvidas e mudanças , o amigo Édio continua uma referência, uma unanimidade. Seus valores não mudaram. O sucesso não mexeu com sua personalidade. Não há como ir à Cassilândia e deixar de passar pelo Cartório dele. Lá, matamos a saudade de um tempo que não volta, sem jamais deixar de acreditar no futuro. Para falar tudo dele, essa página é pequena , mas em respeito ao critério adotado com outros homenageados, paramos aqui, dizendo que o Édio é dez! Os seus familiares que nos desculpem, mas o “Édio – é coisa nossa!”

( O autor é comentarista da TV-Record-MS)












Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)