Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/10/2007 05:44

Duplicata paga e não recuperada pode gerar nova obrigaçã

TJGO

O título de crédito pode circular, saindo das mãos de quem o recebeu para as de um terceiro. Tal circulação pode ser feita através do endosso ou de uma cessão. Se o título é pago e o interessado não o recupera, assume o risco de que o documento circule e chegue a terceiro, a quem deverá pagar novamente o valor. Com este entendimento, o juiz Jairo Ferreira Júnior, de Santa Helena de Goiás, condenou Neuder Ferreira Barroso a pagar R$ 24.329,30 à empresa ISK Biosciences Comercial Ltda., referente à somatória dos valores de duplicatas assinadas por ele e que estavam em poder da empresa.

A condenação foi requerida pela ISK Biosciences afirmando que, por força de uma cessão de crédito, adquiriu as duplicatas da F.A.Comércio de Produtos Agrícolas Ltda. e não conseguiu receber o crédito. Ao contestar a ação, Neuder alegou que os valores haviam sido pagos diretamente à F.A. Comércio, por meio de acordo realizado entre seu pai, Jesus Ferreira de Souza, e Fernando Vicente de Melo, sócio da empresa. Considerando que, apesar do pagamento da dívida, o pai de Neuder não recuperou o título, o juiz observou: "O sacado pode opor contra o seu credor direto as exceções de direito pessoal, por exemplo, o pagamento; contudo, se o título houver saído das mãos do credor direto e for apresentado por um terceiro, como no caso, nenhuma exceção de defesa poderá usar o sacado contra o novo credor". (Patrícia Papini)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)