Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/06/2005 09:41

Dor crônica atinge 30% dos brasileiros, diz médico

Lucas Parente/ABr

A dor crônica atinge cerca de 30% da população brasileira. A afirmação é do coordenador da área de tratamento da dor do Instituto Nacional de Tráumato-Ortopedia (INTO), médico Márcio Rondinelli. "A dor crônica é um sintoma que se mantém a partir de seis meses. Um paciente que apresenta qualquer tipo de problema como uma queda, uma cirurgia ou uma dor sem causa aparente isso é classificado pela Organização Nacional de Saúde (ONS) como dor crônica", afirmou.

O tratamento requer médicos especializados. São necessários preparo especial, conhecimentos no uso de medicações e procedimentos. "É usado tratamento com acupuntura e psicologia. Às vezes, o paciente está passando por algum momento de tensão que dificulta a recuperação", informou.

Ainda de acordo com Rondinelli, o problema nem sempre tem cura. "Não podemos dizer que quem tem dor crônica irá se livrar definitivamente dela. O nosso objetivo é proporcionar alívio, uma melhora, a reabilitação. É fazer com que a pessoa volte a ter uma vida ativa, uma vida profissional".

Cerca de 200 médicos e residentes vão debater as melhores formas de combater a dor crônica na III Jornada de Tratamento da Dor do Instituto Nacional de Tráumato-Ortopedia, no Rio de Janeiro, nos dias 25 e 26 de julho.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)