Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/10/2005 12:57

Dono da Vezozzo diz que não comprou gado paraguaio

Fabiana Silvestre / Campo Grande News

O proprietário da fazenda Vezozzo, Luiz Henrique Vezozzo, no município de Eldorado, disse nesta manhã que não adquiriu reses do Paraguai e reafirmou que o gado estava vacinado contra a febre aftosa. O primeiro foco da doença foi identificado na Vezozzo.

Luiz participa de reunião com os deputados estaduais Zé Teixeira (PFL), Pedro Teruel (PT) e Waldir Neves (PSDB), o secretário estadual de Produção e Turismo, Dagoberto Nogueira Filho, os deputados federais Ronaldo Caiado (presidente da Comissão de Agricultura na Câmara dos Deputados), Dilceu Sperafico (PR), João Grandão (PT), Waldemir Moka (PMDB) e Murilo Zauiht (PFL). O encontro acontece na Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) da cidade e conta ainda com a participação de 100 produtores da região.

Durante a abertura do encontro, Dagoberto Nogueira Filho atribuiu o surgimento da febre aftosa no rebanho da fronteira à importação de gado do Paraguai. Foram contabilizados 10 focos da doença em Eldorado, Mundo Novo e Japorã.

A reunião é a primeira atividade da Comissão Especial criada na quinta-feira passada pela Assembléia Legislativa para apurar as causas do surgimento da doença no rebanho sul-mato-grossense, o maior do País. O grupo tem 30 dias para concluir as investigações, com possibilidade de prorrogar o prazo por igual período. Com informações da agência de notícias da Assembléia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)