Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/11/2008 18:21

Dólar tem alta de 4,05% mesmo com intervenções do BC

Stênio Ribeiro

Brasília - O Banco Central realizou três leilões hoje (6), com o objetivo de evitar a valorização do dólar. Desde o início do pregão da Bolsa, a moeda norte-americana dava mostras de evolução, acompanhando a tensão financeira registrada nas bolsas de valores da Ásia e que já se anunciava também na Europa.

No final da manhã, o BC fez o primeiro leilão para venda de dólares à vista, com cotação de R$ 2,146 e liquidação agendada para a próxima segunda-feira (10). A autoridade monetária não divulgou o quanto vendeu nesse tipo leilão em que os dólares saem das reservas internacionais.

Para reforçar a tentativa de irrigar o mercado de câmbio e baixar a cotação da moeda norte-americana, o BC fez também, logo depois, um leilão de swap cambial tradicional, pelo qual o mercado ganha, quando a variação do dólar supera a oscilação do juro, e a autoridade monetária fica com o prejuízo.

O BC ofereceu 10 mil contratos cambiais, com vencimento em 2009, e vendeu 8.640, no valor total de US$ 426,9 milhões. São 6 mil contratos com vencimento em 2 de fevereiro, 2 mil com vencimento em 1º de abril e 640 que vão vencer em 1º de julho. As taxas para esses contratos foram fixadas em 3,40%, 4,25% e 4,70%, respectivamente.

As intervenções do BC não conseguiram, porém, reverter a tendência de alta do dólar, o que obrigou o banco a recorrer mais uma vez à estratégia de venda à vista, perto do encerramento do pregão. Apesar disso, a cotação da moeda americana fechou a R$ 2,205 para venda, com alta de 4,05% em relação à cotação da véspera.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)