Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/03/2006 15:14

Dois milhões de aposentados já atualizaram dados

Juliana Andrade / ABr

Dois milhões de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já atualizaram os dados para o Censo Previdenciário. No total, foram convocados para a primeira etapa 2,4 milhões de beneficiários. A estimativa do ministro da Previdência Social, Nelson Machado, é que 10% desse total sejam de benefícios indevidos, que deixarão de ser pagos.

Segundo o ministro, com isso, o governo deverá economizar cerca de R$ 100 milhões por mês. "Se você fizer a conta, no total de um ano, incluído o 13º salário, estamos falando de R$ 1,3 bilhão. Essa é a expectativa de redução de custos, redução de despesas de pagamentos indevidos".

O Censo Previdenciário teve início em outubro do ano passado. Além de atualizar os dados cadastrais dos segurados, o objetivo é acabar com pagamentos indevidos de benefícios. Em entrevista coletiva às emissoras de rádio da Radiobrás (Nacional AM de Brasília, Nacional do Rio de Janeiro e Nacional da Amazônia), o ministro ressaltou que o censo é "a pedra fundamental do combate às fraudes".

"Estamos tratando de limpar a nossa base de dados, que se acumula com benefícios que foram concedidos há mais de 30, 40, 50 anos. É preciso atualizar essa base, tirar fora aqueles benefícios, pagamentos indevidos de pessoas que faleceram e que não têm mais direito, mas que alguém da família, vizinho, parente, continua recebendo", afirmou Machado.

A convocação de 14,7 milhões de segurados que deverão participar da segunda etapa do censo começou este mês, sendo que o cadastramento deve ter início em abril. Ao sacar o dinheiro, os segurados receberão o comunicado sobre quando devem fazer o censo.

No mês que vem, os aposentados e pensionistas com benefícios de final 1 terão de fazer o recadastramento. Os que recebem benefícios com final 2 serão convocados em maio e assim sucessivamente até que, em janeiro do ano que vem, compareçam às agências bancárias os segurados que têm o número do benefício terminado em zero.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)