Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/01/2016 20:21

Doença contagiosa de cavalos tem primeiro caso notificado de 2016

Priscilla Peres, Campo Grande News
A transmissão se dá devido ao contato direto com o animal doente e se manifesta no homem de forma aguda ou crônica. (Foto: Diário do Nordeste)A transmissão se dá devido ao contato direto com o animal doente e se manifesta no homem de forma aguda ou crônica. (Foto: Diário do Nordeste)

Mato Grosso do Sul já tem o primeiro caso suspeito de mormo em cavalos de 2016. Um animal de Aquidauana - distante 135 km de Campo Grande, está isolado aguardando o resultado do exame que deve sair ainda nesta semana. No ano passado, o Estado teve 8 casos confirmados da doença que é contagiosa e grave.

Até o ano passado, o Estado nunca tinha tido casos da doença que atinge cavalos. De março de 2015 para cá, foram várias notificações, mas apenas oito animais chegaram a ser sacrificados. A notificação de Aquidauana foi confirmada hoje pela Sepaf (Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar).

O caso é acompanhado pela Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) e de acordo com o gerente de Inspeção e Defesa Sanitária Animal, Rubens de Castro Rondon o animal foi isolado e a propriedade a qual ele pertence isolada. O resultado do exame que está sendo feito em São Paulo, sai nesta semana.

Rubens explica que desde o primeiro caso, em março de 2015, todos os animais em trânsito fazem exames de sangue. O cavalo notificado de Aquidauana é utilizado em provas de clube de laço, e na última viagem o exame obrigatório deu positivo para mormo. "Agora o animal está isolado e a Iagro verificando a situação".

Entre os perigos da doença, estão a transmissão para humanos e a falta de sintomas. "Os animais não apresentam sintomas, a doença só é descoberta através de exame. No caso de Aquidauana, a propriedade está impedida de fazer trânsito de animais até o resultado ser divulgado", afirma Rubens.

Se positivo, esse animal notificado passará por outros exames. "A confirmação só é dada após outros dois exames, feitos com diferença entre 45 e 60 dias. Se em todos der positivo, o animal é sacrificado e todos os outros da propriedade avaliados".

O Mormo está presente na Lista de Doenças de Notificação Obrigatória ao Serviço Veterinário Oficial da Instrução Normativa/Mapa nº 50, de 24/09/2013. Toda suspeita de Mormo deve ser notificada imediatamente à Iagro para que sejam adotadas as medidas sanitárias pertinentes.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)