Cassilândia, Quinta-feira, 01 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

11/08/2016 17:00

Doença celíaca em adultos: como diagnosticar?

Epharma Notícias

Cerca de 1% da população mundial é portador da doença celíaca, também chamada de intolerância ao glúten, proteína presente no trigo, na cevada, na aveia e no centeio. Entre os mais atingidos estão as mulheres e o diagnóstico da doença em adultos vem crescendo nos últimos anos. É o que revela Dra. Myrna Campagnoli, endocrinologista do Alta Excelência Diagnóstica.

Segundo um estudo realizado pela Associação dos Celíacos do Brasil, com cerca de 500 associados, em 28,7% dos participantes os exames confirmaram a doença, sendo a maioria do sexo feminino - proporção de 2 mulheres para 1 homem. A idade média do diagnóstico foi a faixa dos 16 anos para o sexo masculino e 26,7 para o sexo feminino. Estes resultados apontam para uma tendência de diagnóstico da doença celíaca em idades mais avançadas, especialmente entre as mulheres, e sugerem a necessidade de maiores esclarecimentos do público e da classe médica quanto ao seu correto diagnóstico e tratamento.

Dra. Myrna explica que, ao ingerir um alimento com glúten, o celíaco desenvolve uma reação imunológica no intestino delgado que causa a destruição das vilosidades da mucosa, dobras responsáveis pela absorção de nutrientes, vitaminas, sais minerais e água. Os sintomas da doença celíaca são diarreia crônica acompanhada de distensão abdominal, perda de peso, alteração do humor e anemia. A doença nem sempre é facilmente diagnosticada, já que os sintomas podem aparecer de forma branda ou agressiva e, por se tratarem de reações comuns a outras doenças. “Em crianças, muitas vezes o único sintoma perceptível é a falta do crescimento”, diz a endocrinologista.

Segundo a especialista, a retirada dessa proteína da dieta pode melhorar o quadro e/ou contribuir para o desaparecimento dos sintomas. “O consumo de alimentos que contenham glúten por paciente que ainda não foi diagnosticado com a doença celíaca pode desencadear um processo inflamatório. Por isso, os sintomas não podem ser desprezados. Nesse caso, é necessário que o paciente não se exponha à proteína”, argumenta Dra. Myrna.

Como o diagnóstico nos casos com poucos sintomas é considerado difícil, o médico afirma que a investigação da doença deve ser criteriosa. “É preciso se submeter a exames precisos para que haja comprovação suficiente. Entre os métodos de diagnóstico, estão a sorologia para antitransglutaminase IgA, anticorpo antiendomísio IgA e anticorpo antigliadina, além de biópsia do intestino”.

Sobre o Alta Excelência Diagnóstica

O Alta Excelência Diagnóstica é um centro de diagnósticos com atendimento diferenciado, que preza pela qualidade da experiência dos seus públicos. Para isso, a marca une três pilares: corpo clínico renomado internacionalmente, tecnologia de última geração e excelência em serviços.

Entre seus diferenciais, está o Núcleo de Assessoria Médica exclusivo, com acesso direto do médico solicitante ao corpo clínico do Alta, o que garante contato rápido e diferenciado aos especialistas. Nas unidades, além do conforto do ambiente, que vai desde o paisagismo à decoração, os pacientes têm acesso à Ipads, com as principais publicações do dia e menu de desjejum com diversas opções, entre outras comodidades.

O Alta possui certificações essenciais para o mercado, como o ControlLab, que avalia a qualidade dos exames realizados e NGSP, certificado designado a apenas dois laboratórios em todo o Brasil que asegura a proficiência para o teste de hemoglobina glicada. O laboratório ainda é reconhecido pelo Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (PALC) e pela Collegeof American Pathologists (CAP).

Facebook: https://www.facebook.com/altadiagnosticos

Blog: http://blog.altadiagnosticos.com.br/

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 01 de Outubro de 2020
Quarta, 30 de Setembro de 2020
17:50
Ituiutaba, Minas Gerais: confira o boletim coronavírus desta quarta-feira
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)