Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/08/2016 17:00

Doença celíaca em adultos: como diagnosticar?

Epharma Notícias

Cerca de 1% da população mundial é portador da doença celíaca, também chamada de intolerância ao glúten, proteína presente no trigo, na cevada, na aveia e no centeio. Entre os mais atingidos estão as mulheres e o diagnóstico da doença em adultos vem crescendo nos últimos anos. É o que revela Dra. Myrna Campagnoli, endocrinologista do Alta Excelência Diagnóstica.

Segundo um estudo realizado pela Associação dos Celíacos do Brasil, com cerca de 500 associados, em 28,7% dos participantes os exames confirmaram a doença, sendo a maioria do sexo feminino - proporção de 2 mulheres para 1 homem. A idade média do diagnóstico foi a faixa dos 16 anos para o sexo masculino e 26,7 para o sexo feminino. Estes resultados apontam para uma tendência de diagnóstico da doença celíaca em idades mais avançadas, especialmente entre as mulheres, e sugerem a necessidade de maiores esclarecimentos do público e da classe médica quanto ao seu correto diagnóstico e tratamento.

Dra. Myrna explica que, ao ingerir um alimento com glúten, o celíaco desenvolve uma reação imunológica no intestino delgado que causa a destruição das vilosidades da mucosa, dobras responsáveis pela absorção de nutrientes, vitaminas, sais minerais e água. Os sintomas da doença celíaca são diarreia crônica acompanhada de distensão abdominal, perda de peso, alteração do humor e anemia. A doença nem sempre é facilmente diagnosticada, já que os sintomas podem aparecer de forma branda ou agressiva e, por se tratarem de reações comuns a outras doenças. “Em crianças, muitas vezes o único sintoma perceptível é a falta do crescimento”, diz a endocrinologista.

Segundo a especialista, a retirada dessa proteína da dieta pode melhorar o quadro e/ou contribuir para o desaparecimento dos sintomas. “O consumo de alimentos que contenham glúten por paciente que ainda não foi diagnosticado com a doença celíaca pode desencadear um processo inflamatório. Por isso, os sintomas não podem ser desprezados. Nesse caso, é necessário que o paciente não se exponha à proteína”, argumenta Dra. Myrna.

Como o diagnóstico nos casos com poucos sintomas é considerado difícil, o médico afirma que a investigação da doença deve ser criteriosa. “É preciso se submeter a exames precisos para que haja comprovação suficiente. Entre os métodos de diagnóstico, estão a sorologia para antitransglutaminase IgA, anticorpo antiendomísio IgA e anticorpo antigliadina, além de biópsia do intestino”.

Sobre o Alta Excelência Diagnóstica

O Alta Excelência Diagnóstica é um centro de diagnósticos com atendimento diferenciado, que preza pela qualidade da experiência dos seus públicos. Para isso, a marca une três pilares: corpo clínico renomado internacionalmente, tecnologia de última geração e excelência em serviços.

Entre seus diferenciais, está o Núcleo de Assessoria Médica exclusivo, com acesso direto do médico solicitante ao corpo clínico do Alta, o que garante contato rápido e diferenciado aos especialistas. Nas unidades, além do conforto do ambiente, que vai desde o paisagismo à decoração, os pacientes têm acesso à Ipads, com as principais publicações do dia e menu de desjejum com diversas opções, entre outras comodidades.

O Alta possui certificações essenciais para o mercado, como o ControlLab, que avalia a qualidade dos exames realizados e NGSP, certificado designado a apenas dois laboratórios em todo o Brasil que asegura a proficiência para o teste de hemoglobina glicada. O laboratório ainda é reconhecido pelo Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (PALC) e pela Collegeof American Pathologists (CAP).

Facebook: https://www.facebook.com/altadiagnosticos

Blog: http://blog.altadiagnosticos.com.br/

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)