Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/01/2007 07:05

Dnit fala sobre acidente na BR 158 e vai recuperar local

Jornal Tribuna Livre Online
Jornal Tribuna LivreJornal Tribuna Livre

O Dnit (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes) iniciará a recuperação do trecho da BR-158, km 79, onde ocorreu o acidente na madrugada da última terça-feira envolvendo o veículo Santana Quantun, de Cassilândia-MS, que resultou na morte de três pessoas. Ontem, profissionais do Dnit visitaram o local, fizeram a sinalização necessária para evitar novos acidentes e dará início à recuperação do local.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, que atendeu a ocorrência juntamente com o Corpo de Bombeiros de Paranaíba e o PM Cícero João de Melo, o acidente foi causado pelo transbordo do córrego devido às fortes chuvas e aquaplanagem do veículo sobre a pista de rolamento. Cleuza Mantelo Bocalon, 55 anos, foi resgatada com vida; Lenita Cristina Mantelo, 36 anos, Rozilene Sversuti Saravalli, 24 anos, e Wesley Mantelo Bocalon, 22 anos, sem vida. Eles vinham de Santa Fé do Sul-SP, de onde buscaram familiares que sofreram um acidente próximo àquela cidade.
A empresa Delta, que faz a conservação deste trecho da BR-158 irá iniciar a recuperação do local, dando condições de tráfego aos motoristas.
Segundo Guilherme Alcântara de Carvalho, engenheiro do Dnit, este acidente foi um fato imprevisto, que ocorreu devido à chuva que foi muito acima da média. “O Dnit está providenciando a recuperação do pavimento, aterro e bueiros que existem no local. A empresa responsável pela conservação do trecho já está providenciando o equipamento para começar amanhã (6) o trabalho no local. Já sinalizamos a pista para orientar melhor os motoristas que passam pela 158. Vamos recuperar o local no período mais rápido possível. Com chuva é difícil trabalhar, por isso vamos contar com o tempo para podermos trabalhar”, disse Guilherme de Carvalho.
O engenheiro ainda disse que alguns pontos da rodovia sofreram pequenas erosões com a chuva de terça-feira e que todos estes locais estão sendo atendidos. O quilômetro 79 foi o mais prejudicado.
“Estamos fazendo a recuperação da BR, de Cassilândia a Selvíria, pretendemos terminar as obras antecipadamente. Temos a previsão de dois anos, mas possivelmente concluiremos em um ano e quatro meses. Os locais que foram restaurados estão em bom estado, como não conseguimos trabalhar em todos os trechos da rodovia ao mesmo tempo e há anos esta rodovia não é restaurada, há alguns pontos críticos, mas que serão solucionados com as obras de restauração”, falou o engenheiro.
Guilherme de Carvalho falou da possibilidade de ter rompido alguma represa próxima ao local do acidente, mas será preciso fazer um estudo para confirmar esta hipótese. “Ainda não sabemos se a rodovia ficou neste estado por causa do volume anormal de água ou se houve também o rompimento de represas. Quando restauramos uma rodovia, trabalhamos com a previsão de chuva para os próximos 100 anos, quando chegar a vez deste local ser restaurado vamos fazer o estudo correto para evitarmos acidentes”, falou.
Segundo o engenheiro, o projeto de restauração da BR-158 compreende um longo trecho, de Cassilândia a Selvíria, com vários locais com necessidades urgentes, por isso o quilômetro 79 ainda não foi restaurado, mas este trabalho logo será executado.





Autor: Jornal Tribuna Livre Online

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)