Cassilândia, Segunda-feira, 27 de Março de 2017

Últimas Notícias

05/01/2007 07:05

Dnit fala sobre acidente na BR 158 e vai recuperar local

Jornal Tribuna Livre Online
Jornal Tribuna LivreJornal Tribuna Livre

O Dnit (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes) iniciará a recuperação do trecho da BR-158, km 79, onde ocorreu o acidente na madrugada da última terça-feira envolvendo o veículo Santana Quantun, de Cassilândia-MS, que resultou na morte de três pessoas. Ontem, profissionais do Dnit visitaram o local, fizeram a sinalização necessária para evitar novos acidentes e dará início à recuperação do local.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, que atendeu a ocorrência juntamente com o Corpo de Bombeiros de Paranaíba e o PM Cícero João de Melo, o acidente foi causado pelo transbordo do córrego devido às fortes chuvas e aquaplanagem do veículo sobre a pista de rolamento. Cleuza Mantelo Bocalon, 55 anos, foi resgatada com vida; Lenita Cristina Mantelo, 36 anos, Rozilene Sversuti Saravalli, 24 anos, e Wesley Mantelo Bocalon, 22 anos, sem vida. Eles vinham de Santa Fé do Sul-SP, de onde buscaram familiares que sofreram um acidente próximo àquela cidade.
A empresa Delta, que faz a conservação deste trecho da BR-158 irá iniciar a recuperação do local, dando condições de tráfego aos motoristas.
Segundo Guilherme Alcântara de Carvalho, engenheiro do Dnit, este acidente foi um fato imprevisto, que ocorreu devido à chuva que foi muito acima da média. “O Dnit está providenciando a recuperação do pavimento, aterro e bueiros que existem no local. A empresa responsável pela conservação do trecho já está providenciando o equipamento para começar amanhã (6) o trabalho no local. Já sinalizamos a pista para orientar melhor os motoristas que passam pela 158. Vamos recuperar o local no período mais rápido possível. Com chuva é difícil trabalhar, por isso vamos contar com o tempo para podermos trabalhar”, disse Guilherme de Carvalho.
O engenheiro ainda disse que alguns pontos da rodovia sofreram pequenas erosões com a chuva de terça-feira e que todos estes locais estão sendo atendidos. O quilômetro 79 foi o mais prejudicado.
“Estamos fazendo a recuperação da BR, de Cassilândia a Selvíria, pretendemos terminar as obras antecipadamente. Temos a previsão de dois anos, mas possivelmente concluiremos em um ano e quatro meses. Os locais que foram restaurados estão em bom estado, como não conseguimos trabalhar em todos os trechos da rodovia ao mesmo tempo e há anos esta rodovia não é restaurada, há alguns pontos críticos, mas que serão solucionados com as obras de restauração”, falou o engenheiro.
Guilherme de Carvalho falou da possibilidade de ter rompido alguma represa próxima ao local do acidente, mas será preciso fazer um estudo para confirmar esta hipótese. “Ainda não sabemos se a rodovia ficou neste estado por causa do volume anormal de água ou se houve também o rompimento de represas. Quando restauramos uma rodovia, trabalhamos com a previsão de chuva para os próximos 100 anos, quando chegar a vez deste local ser restaurado vamos fazer o estudo correto para evitarmos acidentes”, falou.
Segundo o engenheiro, o projeto de restauração da BR-158 compreende um longo trecho, de Cassilândia a Selvíria, com vários locais com necessidades urgentes, por isso o quilômetro 79 ainda não foi restaurado, mas este trabalho logo será executado.





Autor: Jornal Tribuna Livre Online

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Março de 2017
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 25 de Março de 2017
21:10
Cassilândia
15:01
Curiosidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)