Cassilândia, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

Últimas Notícias

25/04/2016 12:00

DNIT é absolvido de culpa por acidente em rodovia causado por animal na pista

TRF 1ª Região

 

Por unanimidade, a 5ª Turma do TRF da 1ª Região rejeitou o pedido do autor, ora apelante, vítima de acidente em rodovia federal causado por animal na pista, requerendo a condenação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) ao pagamento de indenização de R$ 81.750,00, a título de danos morais, e R$ 27.250,00, a título de danos estéticos. A decisão confirma sentença, do Juízo Federal da Subseção de Caxias/MA, que julgou improcedente pedido destinado à condenação dos réus ao pagamento de indenização por danos em consequência do acidente em rodovia federal.

Em suas alegações recursais, a parte recorrente alegou que o dono do animal não foi encontrado e que o dever de fiscalizar e apreender animais abandonados na via é do poder público, em especial do DNIT, o que se afere do laudo pericial constante dos autos apontando sua omissão. Argumentou que os danos estéticos estão provados por fotos e que os danos morais são evidentes, “não demandando prova, sendo presumíveis”.

Ao analisar o caso, o Colegiado entendeu que o apelante não tem razão em seus argumentos. Isso porque, na questão em apreço, há que se demonstrar que a omissão estatal foi responsável pela realização do evento danoso. “Em se tratando de imputação de responsabilidade à Administração Pública por conduta omissiva é imprescindível que reste demonstrada falha no serviço prestado, em particular, ausência de fiscalização e patrulha da rodovia de modo a prevenir a existência de animais na pista de rolamento ou mesmo de sinalização da possibilidade de sua ocorrência de modo a prevenir os usuários”, esclareceu o relator, juiz federal convocado Evaldo de Oliveira Fernandes, filho.

Nesse sentido, ponderou o magistrado que “não é possível imputar responsabilidade pelo acidente ao DNIT, principalmente considerando tratar-se de perímetro urbano, onde se requer atenção redobrada dos condutores de veículos automotores”.

Processo nº: 0003012-23.2011.4.01.3702/MA

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)