Cassilândia, Sexta-feira, 25 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

23/10/2003 14:18

Dívida externa teve redução de US$ 1,74 bilhão em julho

Stenio Ribeiro/ABr

A dívida externa brasileira teve significativa redução, de US$ 1,741 bilhão, no mês de julho, em comparação com junho, e soma, agora, US$ 217,112 bilhões, conforme divulgou hoje o relatório mensal do Banco Central sobre o setor externo. O documento se refere a dados de setembro, mas no caso da dívida a estimativa tem defasagem de dois meses.

De acordo com o chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes, que apresentou o relatório, a redução da dívida ocorreu em virtude da retração de US$ 799 milhões na dívida de médio e longo prazos, e de US$ 943 milhões a menos na dívida de curto prazo, como resultado da redução das obrigações em moeda estrangeira dos bancos comerciais.

Além disso, o constante processo de alongamento da dívida fez com que, no último ano, a dívida de curto prazo reduzisse de US$ 30,229 bilhões para US$ 20,297 bilhões. Diferença que foi em grande parte transferida para a dívida de médio e longo prazos, que aumentou de US$ 188,809 bilhões para US$ 196,814 bilhões, na comparação com junho de 2002.

O relatório do BC também mostra que as reservas internacionais estão, agora, em um patamar mais alto, segundo Altamir. Elas evoluíram de US$ 47,793 bilhões, em agosto, para US$ 52,675 bilhões, no fechamento de setembro, por causa do desembolso da quarta parcela do empréstimo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), no valor de US$ 4,185 bilhões, e do lançamento de US$ 750 milhões em bônus da República.

A perspectiva é favorável quanto à entrada de dinheiro estrangeiro, no entender do economista do BC, uma vez que no mês passado houve ingressos líquidos de US$ 739 milhões em investimentos diretos. Além disso, investimentos brasileiros no exterior renderam divisas de US$ 416 milhões, o que eleva para US$ 1,156 bilhão o total de investimentos diretos, que somam US$ 6,244 bilhões no ano.

A situação também "está mais confortável", segundo ele, no que se refere ao balanço de pagamentos. Setor que registrou superávit de US$ 3,641 bilhões no mês passado e já soma US$ 13,154 bilhões no acumulado do ano. Ele disse que o bom resultado no mês decorre basicamente dos saldos de US$ 1,338 bilhão nas transações correntes e de US$ 2,605 bilhões na conta financeira, com destaque, ainda, para o superávit comercial de US$ 2,670 bilhões no mês.

Os gastos líquidos com serviços externos, adiantou, totalizaram US$ 537 milhões, com aumento de 46,3%, na comparação com os gastos de US$ 363 milhões em setembro do ano passado, e acumulam despesas de US$ 3,705 bilhões de janeiro até agora. Os maiores gastos no mês foram com aluguel de equipamentos (US$ 223 milhões), transportes (US$ 170 milhões), royalties e licenças (US$ 90 milhões).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 25 de Setembro de 2020
Quinta, 24 de Setembro de 2020
14:18
Luto
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)