Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/02/2005 08:57

Diversidade garante permanência de produtores de leite

Agência Notisa

Apesar de o processo de modernização agroindustrial ter provocado maciço investimento em infra-estrutura e na compra de animais de raça, o que garante a continuidade da atividade é o desenvolvimento de diferentes culturas e criações.

As mudanças de comportamento dos consumidores, a reestruturação da logística de industrialização e distribuição de lácteos e a abertura do mercado internacional determinaram uma rápida transformação na cadeia agro-industrial de leite no Brasil. Muitos produtores passaram a investir em novas tecnologias e equipamentos a partir do final da década de 80 para acompanhar as mudanças em curso. Nas indústrias do Rio Grande do Sul, no entanto, apesar de toda a evolução, a produção leiteira continuou a dividir espaço com outras culturas. Isso é o que mostram pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul em estudo realizado com 160 produtores de leite do estado.

O objetivo da pesquisa foi avaliar os impactos e as mudanças que os produtores enfrentaram principalmente na década de 90, com o advento das transformações tecnológicas e de mercado e da sua inserção na cadeia agroalimentar. De acordo com artigo publicado na edição de setembro/outubro de 2004 da revista Ciência Rural, todos os 160 produtores foram entrevistados.

Os pesquisadores observaram que independentemente do nível tecnológico e da capacidade de produção dos entrevistados, a maioria tinha atividades diversificadas em suas propriedades, ou seja, outras fontes de renda. Eles constataram também que os maiores e mais modernos produtores investiram principalmente no final da década de 80 e início da 90, a maioria em infra-estrutura e compra de animais de raça. Já os produtores em transição e os mais tradicionais começaram a investir a partir da década de 90 e em ritmo mais lento.

A equipe constatou ainda que o processo de modernização da produção leiteira do Rio Grande do Sul apresentou-se de forma diferente do que no restante do país, gerando uma menor exclusão do número de produtores. Segundo os pesquisadores, “isto se deve, em parte, ao fato de os produtores familiares de leite do Estado, em sua grande maioria, estarem organizados em cooperativas, o que garante a comercialização do leite mesmo em pequena escala”.

Além disso, eles ressaltam que a diversificação das fontes de renda, através do desenvolvimento das diferentes culturas e criações, lhes confere a permanência na atividade leiteira e reafirma a agricultura de base familiar como um modelo sustentável de produção, independente da tecnologia adotada.

Agência Notisa (jornalismo científico - science journalism)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)