Cassilândia, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

Últimas Notícias

03/02/2011 13:07

Dispensa de Nota Fiscal Eletrônica para mais de 2,1 mil contribuintes já está em vigor

Gizele Cruz de Oliveira , noticiasms

Campo Grande (MS) – O governador André Puccinelli cumpriu o compromisso de dispensar micro e pequenas empresas com faturamento de até R$ 120 mil da obrigatoriedade de emissão da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e). Conforme autorizado no dia 31 pelo governador, a Secretaria de Estado de Fazenda publicou hoje (3) resolução que estabelece essa isenção. A medida já está em vigor.

Antes, a dispensa valia para contribuintes com faturamento de até R$ 60 mil, tornando a emissão eletrônica obrigatória para um grande número de microempreendedores que estavam na faixa de R$ 60 mil a R$ 120 mil de faturamento anual.

Conforme a Resolução nº 2.314, divulgada hoje, as condições, as regras e os procedimentos para utilização da Nota Fiscal Eletrônica e do Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (Danfe) ficam alterados, o que vai favorecer 2.154 empresas.

Empresários precisam investir em média R$ 10 mil para implementar o uso da Nota Fiscal Eletrônica. A mudança do sistema antigo para o da NF-e gera um custo para as micro e as pequenas empresas, com investimento em computadores, softwares e treinamento de pessoal. “A isenção é uma medida que faz o investimento voltar ao próprio empresário no que diz respeito a lucro e também ao consumidor final em termos de preço”, sintetiza o superintendente de Administração Tributária da Sefaz, Jader Rieffe.

A decisão do governador foi bem recebida pelo empresariado. “[A insenção] é fundamental para quem está no nível inicial de seu empreendimento porque com muito menos investimento o empresário pode continuar o seu negócio, podendo crescer e se desenvolver. Essa medida deve também despertar nesses empreendedores a necessidade de se investir em conhecimento, treinamentos em vendas e em produção, para atender cada vez melhor seus clientes”, disse o presidente da Federação das Associações Empresariais do Mato Grosso do Sul, Leocir Montagna, na reunião com o governador, esta semana, quando foi anunciada a dispensa da obrigatoriedade da NF-e.

A nova resolução estabelece a dispensa por tempo indeterminado. A obrigatoriedade poderá ser restabelecida caso o contribuinte deixe de atender algum dos requisitos previstos.

A dispensa não se aplica a operações de comércio exterior.

Colaborou Guilherme Baroli



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
15:50
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)