Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/08/2009 20:34

Disfunção erétil já pode ser tratada na rede pública

Vladimir Platonow , Agência Brasil

Rio de Janeiro - A disfunção erétil já pode ser tratada na rede pública federal de saúde. O Hospital de Ipanema, no Rio de Janeiro, passou a oferecer a partir de hoje (19) o tratamento para a doença, com a inauguração do Centro de Atenção Integral à Saúde do Homem. No local também são oferecidas cirurgias de próstata e vasectomia. Antes, os homens com problemas de ereção tinham que pagar pelo tratamento em clínicas particulares.


“Na rede pública, o homem não tinha acesso a isso [ao tratamento]. Temos uma estrutura com consultório, especialistas, medicação e procedimentos cirúrgicos necessários”, disse o médico Geraldo Di Biase, diretor do Hospital de Ipanema.

Além de fornecer os medicamentos para o tratamento da doença, o centro também fará a implantação de próteses penianas nos casos mais graves. Para conseguir o tratamento, o paciente deve procurar primeiro um posto de saúde que o encaminhará ao hospital.. “Ele procura o posto e é encaminhado para cá, depois de fazer os primeiros exames. O paciente já tem que vir encaminhado”, afirmou Di Biase.

Nesta semana, o centro começou um mutirão de cirurgias de próstata. Segundo Di Biase, só na rede federal do Rio de Janeiro, cerca de 400 pessoas esperam na fila. Até o fim do ano, com a nova estrutura, ele acredita que a demanda estará regularizada.

Segundo o médico, o exame de próstata pode ser feito a partir dos 40 anos, se houver histórico da doença na família, mas é praticamente obrigatório a partir dos 50 anos. O câncer de próstata atinge 50 mil homens por ano no Brasil, número que Di Biase acredita ser até quatro vezes maior.

Os primeiros sintomas são dificuldade em urinar ou vontade de urinar várias vezes ao dia ou durante a noite. A doença é facilmente tratada, quando diagnosticada logo no início.






Edição: Aécio Amado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)