Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/04/2008 08:02

Disfunção endotelial está associada ao tabaco?

Notisa

Pesquisadores verificam que exposição passiva ao tabaco está associada à disfunção endotelial

Segundo artigo publicado na Angiology, a vasodilatação independente do endotélio piora especialmente em indivíduos que sofreram infarto do miocárdio.

Sabendo que a exposição aguda a ambientes com fumaça de tabaco influencia de maneira adversa na aterogênese, Aurelio Leone e Alberto Balbarini, da University of Pisa, na Itália, avaliaram através da ultra-sonografia braquial indivíduos expostos de forma passiva ao fumo. Segundo o artigo publicado na edição de Abril/Maio de 2008 da Angiology, 18 voluntários que nunca haviam fumado, sendo 12 homens e seis mulheres com média de idade de 34 anos, e dez homens que sofreram infarto prévio do miocárdio com média de idade de 53,8 anos participaram da pesquisa.



Os autores avaliaram a função endotelial dos participantes, por meio de ultra-sonografia braquial, em três momentos distintos: em repouso, em um ambiente livre de tabaco e em um ambiente poluído por combustão do cigarro (concentração de monóxido de carbono de 35ppm). Segundo a publicação, os pesquisadores ainda mediram a concentração de carboxiemoglobina antes e depois da exposição ao ambiente poluído, assim como, o diâmetro da artéria braquial, o diâmetro da mesma durante hiperemia reativa e o diâmetro após a administração de nitroglicerina sublingual (GTN) – vasodilatador. Essas medições foram feitas tanto em repouso como nos ambientes com e sem fumaça.



Com isto, eles perceberam que existe uma "forte correlação entre exposição a ambientes poluídos pela fumaça do tabaco e disfunção endotelial" em ambos os grupos avaliados. Nos participantes que haviam sofrido infarto, houve uma piora da vasodilatação independente do endotélio. Após a exposição desse grupo a ambiente com tabaco, houve ainda uma redução na média de fluxo de vasodilatação depois do GTN. Os pesquisadores destacam no artigo que "a exposição a ambientes com fumaça de tabaco pode ser um teste eficaz para identificar a disfunção endotelial e alterações arteriais da parede através da ultra-sonografia braquial".



Durante o estudo, os autores, segundo informam, não fizeram comparações entre os grupos saudáveis e pós-infarto do miocárdio, de forma que cada participante "funcionou como seu próprio controle".



Agência Notisa (science journalism – jornalismo científico)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)