Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/12/2003 13:43

Discutida a situação do negro no mercado de trabalho

Ana Luiza Gomes/ABr

“O projeto ‘O negro no mercado de trabalho’ é a resposta do Estado à luta do movimento negro para maior espaço neste mercado". A afirmação é da consultora do projeto, Dora Dias. Para ela, isso mostra a força da luta da população negra por todas as ações afirmativas.

O projeto é resultado de uma parceria entre a Fundação Cultural Palmares e o Ministério do Trabalho. De acordo com a fundação, o objetivo é formar, educar lideranças do movimento negro capazes de intervir na formulação de políticas públicas nos estados e municípios. Para o diretor da fundação, Zulu Araújo, este trabalho pode mudar a disposição do negro na pirâmide social. "Muitas vezes as propostas não são aprovadas por falhas na elaboração do projeto. É preciso orientar os líderes nesse aspecto", explica Zulu. Ele também argumenta que a economia da cultura negra gera muitas riquezas e “está na hora de o negro se beneficiar disso".

O projeto inclui as cinco cidades que contêm a maior população negra da região Nordeste: Salvador, Recife, Maceió, Aracaju e São Luís. Salvador será a primeira cidade a realizar o seminário e as oficinas com foco na cultura afro-brasileira como instrumento de inserção social, entre os dias 27 e 30 de dezembro. O tema principal será “Trabalho e Cultura em Ações Afirmativas”.

Depois será a vez de Recife, entre os dias 6 e 9 de janeiro, com o tema “Cultura, Direitos Humanos e Gênero”. De 12 a 14 de janeiro, a população negra de Maceió discutirá o tema “Juventude e Educação, Direitos e Religiosidade”. Em Aracaju, entre os dias 21 e 24 de janeiro, o projeto estará discutindo o mesmo tema de Recife. Por último, São Luís promoverá para a população negra oficinas e seminários sobre “Juventude e Educação, Direitos e Religiosidade”.

De acordo com a consultora Dora Dias, os temas foram escolhidos a partir de uma pesquisa sobre as principais características de cada estado. A consultora disse que são esperados 300 jovens em cada cidade. No final do evento, será publicado um livro com os resultados, incluindo textos, entrevistas e fotografias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)