Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/09/2004 09:05

Diretor do FMI reúne-se hoje com Palocci

Agência Brasil

O novo diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Rodrigo Rato, na viagem que faz a quatro países da América do Sul, chega hoje ao Brasil. Ele reúne-se com o ministro da Fazenda, Antonio Palocci. Porém, o secretário de assuntos latino-americanos do fundo, Francisco Baker, adiantou que a visita de Rato não é uma viagem de negociações.
"Não há em sua agenda nada de renegociação da dívida ou autorização para aportes de emergência", informou Baker. O Brasil é a última escala de Rodrigo Rato, que já esteve no Uruguai, Argentina e Chile.

Baker informou que Rato veio à América do Sul para "conhecer as pessoas com quem ele está trabalhando". O secretário revelou que o único encontro político do diretor do FMI ocorreu no Chile, durante a 11ª reunião de ministros das Finanças do Fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec).

A vinda de Rato gerou expectativas sobre novos acordos entre o governo brasileiro e o FMI. Algo similar ao que ocorreu no final de 2003. Naquela época, o fundo criou uma linha de crédito de US$ 14 bilhões para o Brasil, no caso de eventuais turbulências econômicas.

No mesmo período, o FMI concordou com um maior prazo para o pagamento da dívida brasileira com a instituição. Isso porque o governo estava preocupado com um vencimento de US$ 12 bilhões, que estava previsto para 2005. Desse total, o pagamento de US$ 5,5 bilhões foi adiado para 2007.

Rato deverá viajar em outubro para a África do Sul e Burkina Fasso. Lá, ele deve participar de discussões sobre emprego e redução de pobreza na cúpula extraordinária da União Africana (UA).

Ex-ministro da economia da Espanha, Rodrigo Rato substituiu o alemão Horst Köhler na diretoria do FMI. Köhler renunciou em março deste ano para concorrer às eleições presidenciais em seu país. O novo diretor-gerente do FMI teve o apoio do Brasil e de outros 14 países da América Latina para ocupar o cargo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)