Cassilândia, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

Últimas Notícias

01/05/2004 15:48

Dirceu diz que novo mínimo não é o ideal, mas é o que o

Liésio Pereira/ABr

O ministro José Dirceu, chefe da Casa Civil, disse hoje que se sente "em casa e totalmente à vontade" em participar das comemorações do Dia do Trabalho, no evento promovido pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), na Avenida Paulista. "Ajudei a construir o PT e a CUT, faço parte da história da CUT", afirmou.

Para Dirceu, o novo valor do salário mínimo não é o ideal. "Sou totalmente consciente de que o salário mínimo não é aquilo que o país precisa, o que o trabalhador precisa, o que a trabalhadora precisa, mas é o que o país pode fazer porque o salário mínimo está vinculado à Previdência, que tem um déficit de R$ 30 bilhões", explicou.

Segundo o ministro, um salário mínimo de R$ 300, R$ 291 ou US$ 100, "significaria R$ 12 bilhões para o governo. Para manter os investimentos, o governo optou por um aumento de 5% real e um aumento do salário família".

José Dirceu destacou a necessidade de o país crescer. "Vamos ter que insistir e criar condições para o crescimento econômico. Nós estamos aumentando os investimentos, baixando juros, aprovando leis no Congresso e vamos crescer. O país crescendo, nós vamos diminuir o desemprego". Ele acha que já foi feito muito em apenas um ano e meio de governo.

Câmara dos Deputados - Questionado sobre a sucessão na presidência da Câmara dos Deputados, o ministro afirmou que não está no seu projeto político ser candidato. "Eu estou muito bem onde o presidente me colocou, na Casa Civil, nessa nova tarefa de coordenar o governo a pedido do presidente".

Sobre a emenda constitucional que permitirá a reeleição dos atuais presidentes da Câmara e do Senado - deputado João Paulo Cunha e senador José Sarney, respectivamente - Dirceu disse que é uma questão a ser resolvida pelo Congresso. Como parlamentar, ele destacou sua opinião a favor da reeleição. "A questão da eleição para a presidência da Câmara e do Senado é uma questão do Congresso Nacional, se vai aprovar a emenda constitucional ou não. Mas é público e notório que eu sou favorável a essa reeleição do presidente João Paulo e do presidente Sarney, mas é uma questão do Congresso", afirmou.

Segundo Dirceu, caso a emenda não seja aprovada, haverá bons nomes para a sucessão. "A bancada do PT e a base aliada têm nomes na Câmara para a sucessão do presidente João Paulo no caso de não ser aprovada a emenda da reeleição. A minha opinião é que João Paulo deve continuar presidente da Câmara", disse.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)