Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/07/2009 07:51

Diesel passa a ser vendido no país com 4% de biodiesel

Nielmar de Oliveira , Agência Brasil

Rio de Janeiro - A partir de hoje (1º), os postos de combustíveis de todo o Brasil terão que comercializar o óleo diesel mineral com a adição de 4% do diesel vegetal.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a nova mistura deverá gerar uma economia de aproximadamente US$ 900 milhões por ano devido à redução das importações de óleo diesel – derivado do qual o país ainda é dependente.

De acordo com estudo feito pela ANP, cada litro da nova mistura diminui em 3% a emissão de dióxido de carbono (CO²) na atmosfera, o que deve levar a uma diminuição anual de 1,2 milhão de toneladas nessas emissões, além de reduzirr também a emissão de material particulado - reduzido a partículas.

A política de mistura do biodiesel ao diesel mineral começou em janeiro de 2007. Para atender ao mercado, a ANP realizou, desde 2005, 14 leilões de biodiesel. A agência é responsável por fiscalizar o cumprimento da mistura de duas formas: com a apresentação, pela Petrobras/Refap (únicas compradoras de biodiesel nos leilões da ANP), de documento que atesta a aquisição de biodiesel pelas distribuidoras de combustíveis e com a fiscalização nos postos revendedores.

Dados da ANP indicam que, em 2008, a produção de biodiesel no país chegou a 1,16 bilhão de litros. O consumo estimado do produto no primeiro semestre deste ano, ainda com a mistura B3, é de 615 milhões de litros. Para o período de julho a dezembro, a previsão é de que a demanda, com a obrigatoriedade do B4, salte para 925 milhões de litros.

Já o consumo anual previsto com a obrigatoriedade do B4 saltará para 1,72 bilhão de litros, o que, na avaliação da ANP, implicará incremento de demanda de 33% em relação a 1,29 bilhão da mistura B3.

Na avaliação da agência reguladora, o biodiesel é considerado excelente "aditivo verde" para o óleo diesel, com baixos teores de enxofre, como o Diesel S50, utilizado nas regiões metropolitanas de Belém, Fortaleza e Recife e nas frotas cativas de ônibus dos municípios de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Ainda segundo a ANP, a introdução do biodiesel na matriz energética brasileira “é reconhecida internacionalmente como um caso de sucesso em matéria de uso de combustível renovável em larga escala”.




Edição: Graça Adjuto

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)