Cassilândia, Quinta-feira, 20 de Junho de 2019

Últimas Notícias

19/05/2019 15:00

Diesel fecha semana com alta de 1,4% em Mato Grosso do Sul, diz ANP

Correio do Estado

Perto de completar um ano no País a greve dos caminhoneiros, que tinha como uma das principais bandeiras baixar o preço do diesel, o valor do combustível vem seguindo linha contrária e fechou esta última semana em alta nos postos de Mato Grosso do Sul.

De acordo com levantamento de preços da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do diesel ficou em R$ 3,736 no Estado, o que representa elevação de 1,4% em relação à semana anterior (R$ 3,683) e aumento de 1,3% nas últimas quatro semanas. Entre 21 e 27 de abril, a média paga pelo diesel em MS era de R$ 3,686.

Ainda conforme o levantamento da ANP, o preço da gasolina, que protagonizou alta de 2,8% no Estado num intervalo de apenas duas semanas (na primeira quinzena deste mês de maio), ficou estável nesta semana em relação à anterior, custando R$ 4,370, ante R$ 4,374 entre os dias 5 e 11 de maio. Já no comparativo de quatro semanas — no final de abril, a gasolina era comercializada por R$ 4,255 —, o combustível acumula alta de 2,7%.

Em relação ao etanol, a pesquisa constatou queda de 0,31% no preço médio do derivado de cana nos postos sul-mato-grossenses e o preço saiu de R$ 3,598, na semana anterior, para R$ 3,587 na semana encerrada dia 18. Assim como em relação aos outros dois combustíveis, o etanol também subiu de preço no intervalo de quatro semanas e a majoração é de 0,99%.

CAPITAL

Em Campo Grande, o óleo diesel ficou 1,8% mais caro em relação à semana anterior (quando era vendido por R$ 3,613) e fechou em R$ 3,680, segundo a ANP. Em quatro semanas, o combustível teve alta de 1,1%.

Já a gasolina e o etanol apresentaram ligeira queda na última semana em relação à anterior. No caso da gasolina, o preço foi de R$ 4,260 para R$ 4,250 (-0,22%), enquanto para o etanol a retração foi de 0,74%, ficando em R$ 3,481, diante de R$ 3,507 na anterior. No entanto, em quatro semanas ambos ficaram mais caros, com maior destaque para a gasolina, que avançou R$ 0,09 (aumento de 2%). Para o etanol, a diferença foi de R$ 0,01 (variação de 0,1%).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 20 de Junho de 2019
Quarta, 19 de Junho de 2019
09:00
Santo do Dia
Terça, 18 de Junho de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)