Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/01/2004 07:10

Diagnóstico precoce facilita tratamento da leishmaniose

Leonardo Lani/Campo Grande News

Quanto mais cedo a leishmaniose for diagnosticada em pessoas que a contraíram, maiores são as chances de cura. A afirmação é do Presidente da Sociedade de Pediatria de Mato Grosso do Sul, Rubens Trombini. Nesta terça, foi confirmada a morte de uma criança de 1 ano e 4 meses pela doença, no dia 27 de dezembro de 2003.
De acordo com Trombini, a história epidemiológica da leishmaniose no Estado faz com que pessoas que moram em Campo Grande, Três Lagoas e Corumbá fiquem mais atentas aos sintomas, que são febre, mal estar, falta de apetite e emagrecimento.
Os proprietários de cão doente têm a obrigação de levar o animal a um veterinário ou ao CCZ (Centro de Controle de Zoonoses). Segundo Trombini, a leshmaniose tem um período de incubação lento, e quando ela aflora, já está em estágio avançado. "No entanto, com diagnóstico precoce, as chances de cura são praticamente de 100%," garantiu.
O único teste para diagnóstico da doença é a punção de medula óssea, realizada, em Campo Grande, no Hospital Dia, Hospital Regional e Hospital Universitário. O método consiste na aplicação de uma agulha no osso esterno, no peito, ou no quadril, para aspiração de material, que é disposto em uma lâmina, na qual é procurada a leishmania. O resultado sai no mesmo dia.
Em Cassilândia também já foram confirmados casos da doença.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)