Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/03/2010 18:23

Dia Mundial do Rim chama atenção para a falta de vagas de diálise no Brasil

Burson-Marsteller

Em 11 de março será comemorado o Dia Mundial do Rim. A data ressalta a importância da prevenção e tratamento adequado da doença renal crônica. Aproximadamente 13 milhões de brasileiros apresentam algum grau de insuficiência renal e cerca de 95 mil dependem de diálise para sobreviver, sendo que esse número aumenta 10% a cada ano.

Esse cenário tem preocupado cada vez mais os nefrologistas, que não podem tratar seus pacientes por falta de vagas nos centros de diálise de todo o país. Estima-se que, a cada ano, cerca de 6 mil pacientes não conseguem vaga para se tratar.

O presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia, Dr. Emmanuel Burdmann, afirma que a situação do doente renal crônico necessitando de diálise é catastrófica e os pacientes recém-diagnosticados não conseguem vaga para tratamento ambulatorial. Segundo ele, vários hospitais do país, principalmente os hospitais-escola, possuem em seus quadros de internação grande número de pacientes renais esperando vagas nos centros de diálise. “Os pacientes não têm condições de receber alta e, por isso, ocupam leitos em hospitais do país inteiro esperando uma solução”, ressalta Burdmann.

Essa situação sobrecarrega os hospitais e o sistema de atendimento ao paciente renal crônico e gera gastos desnecessários ao Governo, além de expor o paciente a outros problemas de saúde, como infecção hospitalar. Segundo Burdmann, a falta de vagas para diálise é a principal consequência da escassez de investimentos públicos no setor. “O valor que é pago para as clínicas de diálise está totalmente defasado e não foi re-ajustado nenhuma vez no último ano”, afirma.



Além de estimular a abertura de novos centros de diálise, a solução do problema seria a criação de políticas para implementação de um serviço de diálise eficiente, que resultasse em um realinhamento do programa de atendimento ao doente renal crônico.

Sobre a doença Renal Crônica

Segundo a SBN – Sociedade Brasileira de Nefrologia, 1 em cada 11 brasileiros apresenta algum grau de doença renal e 90% dos pacientes não sabem que estão doentes, porque os sintomas só aparecem quando o rim já perdeu 50% da função. Nos últimos 8 anos, os casos de pacientes que precisam de diálise no país aumentaram em 84%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)