Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/09/2016 16:33

Dez pessoas são expulsas do serviço público por fraudes em instituto federal

Yara Aquino - Repórter da Agência Brasil

 

Dez funcionários do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) foram expulsos do serviço público por irregularidades. As penalidades foram aplicadas pelo Ministério da Educação com a colaboração do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle.

Foram nove demissões e uma destituição de cargo em comissão. Todos ficam impedidos de retornar ao serviço público. Os funcionários expulsos respondem por improbidade administrativa, lesão aos cofres públicos, dilapidação do patrimônio nacional e valimento de cargo para proveito pessoal.

Os desligamentos foram resultado de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) em que os servidores tiveram direto ao contraditório e à ampla defesa.

O PAD foi instaurado a partir da Operação Liceu, deflagrada em 2012 pelo Ministério Público Federal e a Polícia Federal em parceria com a extinta Controladoria-Geral da União (CGU). A investigação revelou uma organização criminosa que desviava recursos federais repassados ao IFPA destinados à concessão de bolsas para os alunos e professores.

Também foram constatadas fraudes na comprovação de despesas, pagamento indevido de diárias e passagens, além de saques e pagamentos não vinculados aos objetivos institucionais.

Edição: Luana Lourenço

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)