Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/08/2015 12:10

Deu no Facebook: cassilandense se irrita com som alto

Redação

O arquiteto José Alberto escreveu em seu Facebook:

Gente, eu havia prometido (pra mim mesmo), que não iria falar. Mas, ontem, o bixo pegou (é com X mesmo). Tava demais, aquele som no Parque Elza Vendrame, que desrespeito com as pessoas que não curtem. Aqui em minha casa tinha que gritar para falar uns com os outros.
Perdi a linha, tomei minhas providências. Triste em pensar que serei taxado de velho, ranzinza, chato, etc. Que taxem.
Essa é a cidade onde as pessoas reclamam de um sino, que toca de hora em hora e só num período determinado!
Dois, pesos e duas medidas!
Porque não fazer uma enquete com a população de Cassilândia para saber se eles querem ouvir aquelas músicas de extremo "..." gosto, na altura que estava ontem e em todos os sábados à noite e nos domingos à tarde.

Quando vai chegando os dias da festa, dá aquele frio na barriga, já vem aquele " barulho " insuportável, parece um trauma a época da festa. Espero que as autoridades tomem alguma providência. Obrigada. Sônia.
 
Sônia Fernandes em 10/08/2015 14:54:09
Culpa das autoridades que estão trabalhando "Relaxadas", o som ja havia sido controlado, e com novo comando da policia a coisa foi relaxada e a moçada esta se achando denovo, depois vai ficar dificil e chato ter que colocar tudo nos eixos novamente, então vai ai uma sugestao para o comando e para a promotora do meio ambiente, que executem bem seus trabalhos na área de pertubação pública.
 
Terence Groot em 09/08/2015 21:10:01
As leis existem para serem cumpridas em toda e qualquer situação, independentemente de ser festa do peão ou não. Os trabalhadores necessitam de uma boa noite de sono. Mas só que não. O som do rodeio chega tremer as janelas da casa de tão alto, o locutor quase coloca os pulmões para fora de tanto gritar, e para piorar, quando acaba o show começa um bate-estacas em uma determinada barraca, que vai até o dia amanhecer. Eu tb gosto de som, mas não em volume estridente altas horas da noite, para tudo deve haver respeito, limite e ponderação.
 
Sérgio Rodrigues em 09/08/2015 18:54:57
A cidade está um verdadeiro pandemônio; um helicóptero barulhento sobrevoando a cidade, carros na rua parecendo discotecas ambulantes, fogos de artifício no comércio(uma cultura imbecil, como se explodir bombas aumentasse a clientela), som da exposição com um locutor que fala mais do que a boca, etc.Cidade pequena não é sinônimo de terra de ninguém e de gente sem civilidade e educação, não.É preciso analisar os atos e atitudes e lembrar do velho mas sempre aplicável provérbio: "Nosso direito termina exatamente onde começa o do próximo".
 
Rui em 09/08/2015 13:44:38
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)