Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/07/2005 10:19

Detran ainda não vai cobrar exame na renovação de CNH

Aline Rocha/Campo Grande News

O Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) ainda não vai exigir o exame para a renovação da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) para os motoristas que precisam do novo documento. A exigência que passaria a valer a partir de hoje não vai entrar em prática porque o órgão ainda não está emitindo as provas e os motoristas, que tiraram a carteira antes do ano de 1998 e nunca fizeram renovação com curso de direção defensiva e primeiros socorros, têm outra folga até o dia 18 de julho para escapar do exame este ano.
Nessas duas semanas, esses motoristas poderão fazer a renovação através de curso presencial de direção defensiva e primeiros socorros nos CFCs (Centros de Formação de Condutores) ou de maneira autodidata (em que o motorista busca o material oferecido pelo Denatran no endereço http://www.denatran.gov.br, através do site e estuda sozinho). Sem fazer o exame para comprovar o conhecimento através dos cursos, os motoristas ficarão na pendência de fazer a prova na próxima renovação da carteira.
O curso à distância que também será oferecido para o condutor ainda não está funcionando. Conforme informações da assessoria de imprensa do Detran, ele vai passar a funcionar a partir de 18 de julho. O Detran no Estado é o único no País que cobra o exame presencial ou à distância junto com a prova, nas demais unidades da federação, somente o motorista que opta pelo estudo autodidata que precisa realizar o exame.
Segundo o Detran, isso ocorre porque uma portaria do órgão no Estado definiu que haveria a cobrança de exame em todos os casos por questão de segurança do condutor. O curso à distância custará R$ 22, nas auto-escolas o preço fica a critério das empresas e a prova terá o custo R$ 22. O motorista ainda paga o valor da renovação que continua R$ 106.
O Detran já havia adiado a exigência das normas mais rígidas para renovar a CNH porque ainda não havia conseguido se adaptar a todas as alterações do sistema. O órgão no Estado não foi o único a ter problemas com as mudanças, outros Estados ainda estão pendentes para a exigência de curso na renovação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)