Cassilândia, Domingo, 20 de Janeiro de 2019

Últimas Notícias

19/04/2018 11:40

Detentos tentaram impedir pente-fino e protesto atingiu 4 presídios

Campo Grande News

Um princípio de tumulto durante a operação pente-fino na PED (Penitenciária Estadual de Dourados), na manhã de ontem (18), provocou protesto de detentos em outros três presídios de Mato Grosso do Sul.

O clima ficou tenso quando presos do raio II da PED, onde ficam condenados ligados a facções criminosas, tentaram impedir o acesso dos policiais para impossibilitar que as vistorias fossem feitas pelos agentes penitenciários. Em nota oficial, a Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) informou que a situação foi imediatamente controlada pelas forças de segurança.

Em represália, detentos dos presídios de Três Lagoas, Campo Grande e Dois Irmãos do Buriti fizeram protestos. Na Capital, detentos do Presídio de Segurança Máxima se recusaram a voltar para as celas após o banho de sol. Vizinhos do local afirmaram terem ouvido os detentos batendo nas grades.

Segundo a Sejusp, os protestos nas três unidades foram rapidamente controlados pelas direções dos estabelecimentos penais e agentes penitenciários, “sem maiores alterações e consequências, não sendo necessária a intervenção da Polícia Militar”.

Entretanto, a Segurança Pública informou que Máxima de Campo Grande e na Penitenciária de Três Lagoas a manifestação ocasionou danos em algumas celas e os internos foram realocados para que sejam feitos os reparos necessários. Já em Três Lagoas, durante a manifestação, um detento machucou a mão e precisou ser socorrido.

Pente-fino - A vistoria desta quarta-feira foi feita pela Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) e pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar, com o aval da Vara de Execução Penal de Dourados.

Segundo a Sejusp, foram apreendidos celulares (quantidade não informada), sete carregadores, quatro fones de ouvido, dois chips, 89 armas artesanais, 40 barras de ferro e 12 canos de ferro, retirados das estruturas das próprias celas.

Durante o pente-fino também foram encontrados 136 gramas de maconha e 164 gramas de cocaína. A operação foi feita no raio 2 e na chamada cadeia linear, com a participação de 30 agentes penitenciários e cem policiais do Batalhão de Choque.

Segundo a Sejusp, operações como essa que aconteceu hoje em Dourados são necessárias e continuarão ocorrendo de forma sistematizada, conforme o planejamento estratégico.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Janeiro de 2019
Sábado, 19 de Janeiro de 2019
10:00
Receita do dia
06:20
Copa São Paulo de Futebol Júnior
Sexta, 18 de Janeiro de 2019
10:10
Chapadão do Sul
Quinta, 17 de Janeiro de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)