Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/05/2005 14:46

Desvalorizada, soja perde força na balança

Famasul Notícias

As exportações de soja em grãos de janeiro a abril deste ano tiveram retração de 13,70% em relação ao mesmo período de 2004, segundo dados da balança comercial divulgados ontem pelo Ministério do Desenvolvimento.

Nos quatro primeiros meses deste ano foram vendidos ao exterior US$ 54,1 milhões em soja totalizando 236,1 mil toneladas. No ano passado, em igual período, foram US$ 62,7 milhões e 200,7 mil toneladas.

Isso significa que o preço pago pela commodity teve retração de 26,7%, de US$ 312,72, em média, por tonelada no início de 2004 para os atuais US$ 229,44 em média por tonelada.
O produto que tinha participação de 29% no total de exportações, desta vez respondeu por 19,58% ao lado da carne bovina congelada, que teve 19,27% de participação. À espera de melhores preços, produtores estão segurando a soja como podem em Mato Grosso do Sul. Segundo a Granos Corretora de Grãos, até a última terça-feira, 10 de maio, 42% da produção, de 3,8 milhões de toneladas do grão, ainda não estão comprometidos. Dos 58% já comprometidos foram efetivamente comercializados 36%.

No ano passado, por exemplo, quando chegou a US$ 10,50 o produtor recebia R$ 33,60, com o dólar a R$ 3,20. No início desta semana, a US$ 11,50, recebeu R$ 28,00. A isso se soma outro problema: os insumos para o plantio foram comprados quando o dólar estava na maior cotação, o que significa perda de renda ao produtor.

Se por um lado o até então carro-chefe das exportações perde peso, embora continue liderando, de outro a carne bovina, mesmo em um cenário de baixos preços no mercado interno, registrou expressivo aumento de negócios. De uma participação de 7,64% na balança comercial passou a responder por 19,27%, considerando apenas o produto congelado.
São 227% de aumento nas vendas no período de janeiro a abril deste ano comparado com os quatro primeiros meses de 2004, totalizando US$ 53,3 milhões em carnes congeladas. No caso do produto fresco ou refrigerado o aumento de vendas foi de 103%, totalizando US$ 18 milhões.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)