Cassilândia, Quinta-feira, 27 de Abril de 2017

Últimas Notícias

13/05/2005 14:46

Desvalorizada, soja perde força na balança

Famasul Notícias

As exportações de soja em grãos de janeiro a abril deste ano tiveram retração de 13,70% em relação ao mesmo período de 2004, segundo dados da balança comercial divulgados ontem pelo Ministério do Desenvolvimento.

Nos quatro primeiros meses deste ano foram vendidos ao exterior US$ 54,1 milhões em soja totalizando 236,1 mil toneladas. No ano passado, em igual período, foram US$ 62,7 milhões e 200,7 mil toneladas.

Isso significa que o preço pago pela commodity teve retração de 26,7%, de US$ 312,72, em média, por tonelada no início de 2004 para os atuais US$ 229,44 em média por tonelada.
O produto que tinha participação de 29% no total de exportações, desta vez respondeu por 19,58% ao lado da carne bovina congelada, que teve 19,27% de participação. À espera de melhores preços, produtores estão segurando a soja como podem em Mato Grosso do Sul. Segundo a Granos Corretora de Grãos, até a última terça-feira, 10 de maio, 42% da produção, de 3,8 milhões de toneladas do grão, ainda não estão comprometidos. Dos 58% já comprometidos foram efetivamente comercializados 36%.

No ano passado, por exemplo, quando chegou a US$ 10,50 o produtor recebia R$ 33,60, com o dólar a R$ 3,20. No início desta semana, a US$ 11,50, recebeu R$ 28,00. A isso se soma outro problema: os insumos para o plantio foram comprados quando o dólar estava na maior cotação, o que significa perda de renda ao produtor.

Se por um lado o até então carro-chefe das exportações perde peso, embora continue liderando, de outro a carne bovina, mesmo em um cenário de baixos preços no mercado interno, registrou expressivo aumento de negócios. De uma participação de 7,64% na balança comercial passou a responder por 19,27%, considerando apenas o produto congelado.
São 227% de aumento nas vendas no período de janeiro a abril deste ano comparado com os quatro primeiros meses de 2004, totalizando US$ 53,3 milhões em carnes congeladas. No caso do produto fresco ou refrigerado o aumento de vendas foi de 103%, totalizando US$ 18 milhões.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 27 de Abril de 2017
13:24
Cassilândia
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
06:20
Copa do Brasil
06:11
Loteria
Quarta, 26 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)