Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/01/2007 17:00

Desvalorização de Ronaldo chega a 83%

A venda de Ronaldo para o Milan, da Itália - que está perto de ser fechada -, soa como uma pechincha: 6 milhões de euros (US$ 7,3 milhões, cerca de 16,6 milhões de reais), pelo que já chegou a custar o atacante, no auge de sua forma, quando era badalado por ser o destaque da seleção brasileira e goleador. Em queda de produção e perto do fim da carreira pela idade, a desvalorização é de exatos 83,52%.

Para o Real Madrid, fica a sensação de perda de dinheiro, já que ele custou 45 milhões de euros em 2002 (US$ 44,3 milhões, ou 134 milhões de reais em valores da época) e tinha contrato até julho de 2008, com multa oficial estipulada em contrato de R$ 450 milhões de reais. É bom lembrar que o clube ganhou neste período com vendas de produtos e publicidade em cima dele, o que certamente proporcionou o retorno deste investimento.

Mesmo com essa queda, o time italiano aposta em Ronaldo por acreditar que ele possa resolver o principal problema nos jogos: a falta de gols e de um ídolo com a característica de artilheiro (status que era de Shevchenko até o fim da temporada passada, quando foi para o Chelsea). Justamente a imagem que o jogador tinha até 2002, quando foi campeão do mundo e artilheiro da Copa do Mundo. Até lá, sua valorização havia sido de 177.100%. No São Cristóvão, clube em que começou, havia custado apenas US$ 25 mil.

Ronaldo, segundo levantamento da revista France Football, receberia cerca de 60 milhões de reais por ano jogando na Espanha, sendo 11 milhões de reais só do Real. Acredita-se que a diferença ao trocar de país não seja muito grande. O atacante quer jogar na Itália pela visibilidade que terá no Milan - um dos maiores times do mundo - e a diferença de estilos. Além de, mesmo estando em má fase, continuar em um grande campeonato e saber que será titular no time rubro-negro.

Ofertas melhores para ele e para o clube até apareceram: o New York Red Bull teria oferecido 255 milhões de reais por cinco anos de contrato (50 milhões de reais por ano) ao jogador e o Al-Ittihad, da Arábia Saudita, 55 milhões de reais só para o time.


Estadão

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)