Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/03/2009 20:54

Desoneração para compra de caminhões e tratores

Agência Câmara

O relator da Medida Provisória 451/08, deputado João Leão (PP-BA), informou que está estudando uma emenda à MP que prevê uma desoneração de IPI, PIS e Cofins para aquisição de equipamentos, máquinas, caminhões e tratores.

De acordo com o parlamentar, o mercado nesse setor está desacelerado. "Se uma prefeitura deseja comprar um caminhão, pagará, só de impostos, algo em torno de 50% de seu valor. Isso seria desonerado no intuito de incentivar os municípios a comporem suas frotas", exemplificou.

A MP, que integra o pacote de incentivos fiscais baixados pelo governo federal para fazer frente à crise financeira internacional, prevê duas novas alíquotas no cálculo do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2010, ano-base 2009. Além das faixas de 15% e 27,5%, haverá a de 7,5% e a de 22,5%. A base de cálculo também será corrigida. Com isso, a faixa de isenção passará de R$ 16.473,72 para R$ 17.215,08. A matéria recebeu 64 emendas.

Defasagem
Alguns parlamentares defendem, no entanto, mudanças na tabela proposta pelo governo na MP. O deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP) avalia que a inclusão das novas faixas é positiva. Entretanto, ele alerta que a correção da base de cálculo está defasada em relação às previsões de inflação para 2009. "Na tabela, o governo leva em consideração que a inflação durante os próximos anos será de 4,5%, mas, na própria peça orçamentária, o Executivo prevê uma inflação maior", disse.

Para Thame, se a inflação prevista pelo governo nesse período for de 6,2%, haverá uma defasagem que, sem correção, significará uma taxação de um ganho que não será ganho. "Quem tiver um aumento de seus rendimentos de 6,2% nos próximos anos não terá ganho nenhum, será apenas a inflação", avaliou.

Mendes Thame apresentou duas emendas à MP. Além da alteração das tabelas do Imposto de Renda, o deputado também propõe que os incentivos de equalização de juros e bônus previstos na medida exijam a utilização de, pelo menos, 60% de insumos e peças de origem nacional nas linhas de produção beneficiadas.

Quanto à tabela do Imposto de Renda, João Leão afirma que não vê, por enquanto, necessidade de mudança, porque os cálculos de inflação ainda seriam apenas uma previsão.

A MP passa a trancar a pauta a partir de 12 de março. Segundo o relator, a intenção do presidente da Câmara, Michel Temer, é colocar a medida em votação no plenário antes do trancamento.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)