Cassilândia, Segunda-feira, 26 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

29/09/2020 10:20

Desértico: Com onda de calor histórica, cidades registram umidade abaixo de 10%

Meteorologista explica que 'picos' da baixa umidade do ar acontece entre às 13h e 14h

Midiamax
Desértico: Com onda de calor histórica, cidades registram umidade abaixo de 10%

Após alerta de onda de calor “extraordinária” em Mato Grosso do Sul, também vem o alerta para a saúde. Com as temperaturas acima dos 40°C esta semana, a umidade relativa do ar fica entre 10% a 15%, no centro-norte e Pantanal, situação que favorece a doenças pulmonares, dores de cabeça e também a incêndios florestais.

Na lista está a cidade de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande, toda a região pantaneira – que já vem sofrendo com as queimadas -, e as que fazem divisa com o estado de Mato Grosso, como as cidades de Ladário, Sonora, Coxim, Miranda. Pedro Gomes e São Gabriel do Oeste. Já no centro-norte de MS, se enquadram as cidades que fazem divisa com Goiás, como Alcinópolis, Chapadão do Sul, Costa Rica e Cassilândia.

O extremo sul de Mato Grosso do Sul deve registrar a umidade relativa do ar mais alta em comparação com as outras regiões. No entanto, ainda fica com números baixos, em torno de 40%.

De acordo com o meteorologista do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), Heráclio Alves, a umidade começa a baixar por volta das 10 horas desta terça. “Ela começa a baixar por volta das 10h, mas os picos mesmo devem ocorrer entre às 13h e às 14h”, explicou. Até o dia 11 de outubro – data em que está prevista chuva -, o clima segue ‘desértico’ no Estado.

Para tentar amenizar o tempo seco, tenha plantas dentro da casa. Elas podem ser grandes aliadas na climatização do ambiente e isso só é possível graças ao poder de reter e liberar umidade. Tome banho com a porta aberta; coloque uma bacia com água no quarto; utilize umidificadores de ar e o mais indicado, beba muita água.

Onda de calor “extraordinária e histórica”
Nesta segunda-feira (28), a MetSul Meteorologia emitiu alerta de onda de calor “extraordinária e histórica, com recordes no Brasil”. Conforme dados divulgados, entre quarta (30) e sexta-feira (1), em Mato Grosso do Sul, segundo o modelo de medição de temperatura norte-americano GFS, chega a indicar máximas de 43ºC a 45ºC a partir de quarta-feira. Em Campo Grande, o MetSul alerta que “as máximas com folga superarão os 40ºC”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 26 de Outubro de 2020
Domingo, 25 de Outubro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)